Rio-clarense pode doar alimentos na hora da vacinação contra a Covid-19

Preferência é por doação de arroz, feijão, macarrão e leite em pó. Campanha beneficia famílias de baixa renda.

Receber a vacina contra a Covid-19 também pode ser um ato de solidariedade em Rio Claro. O município aderiu à campanha Vacina Contra a Fome, que tem o objetivo de arrecadar alimentos para famílias de baixa renda. “Fizemos questão de participar dessa campanha estadual porque sabemos das imensas dificuldades que a pandemia está impondo principalmente aos mais vulneráveis”, destaca o prefeito Gustavo Perissinotto.

A partir desta quarta-feira (7), quem tomar a vacina contra Covid pode levar um quilo de alimento não perecível ao local de vacinação, inclusive no atendimento por drive-thru.

“Contamos com a colaboração espontânea da população, pois não há obrigatoriedade de levar alimentos na hora da vacinação”, explica a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Vilma Spricigo, lembrando que os rio-clarenses sempre demonstraram vontade de ajudar o próximo e de cuidar daqueles que mais necessitam. “Levar o alimento será um gesto de solidariedade e um ato de cidadania”, acrescenta Vilma.

Além da Secretaria de Desenvolvimento Social, a prefeitura de Rio Claro mobiliza a Secretaria Municipal de Saúde e o Fundo Social de Solidariedade na campanha, que ainda conta com a participação da Faculdade Anhanguera e dos hospitais Santa Filomena, Unimed e São Rafael.

De acordo com os organizadores da campanha, a preferência é por doações de arroz, feijão, macarrão e leite em pó, que irão compor cestas básicas para serem entregues às famílias atendidas nos Centros de Referência de Atendimento Social (Cras) do município, reforçando o trabalho realizado no atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

A campanha Vacina Contra a Fome foi lançada pelo governo estadual de São Paulo e está sendo desenvolvida pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social com a meta de engajar a população e prefeituras na arrecadação de alimentos durante o enfrentamento da pandemia do coronavírus. De acordo com o governo estadual, o recebimento dos alimentos será feito enquanto durar a vacinação contra a Covid-19.

Em Rio Claro os locais para vacinação e entrega dos alimentos são Centro Cultural (Rua 2, 2880, Vila Operária, junto ao Lago Azul) e Faculdade Anhanguera (Rua 22, 669, Chácara Lusa), além do atendimento por drive-thru realizado pela Unimed (Rua 12 com Avenida 14, antigo prédio da empresa Alexandre Junior), pelo hospital São Rafael (Rua 1 entre as avenidas 15 e 19, estacionamento do pronto atendimento) e pelo hospital Santa Filomena (entrada principal do  shopping Rio Claro).

As datas de vacinação são definidas por faixas etárias e são divulgadas diariamente pela prefeitura no site www.rioclaro.sp.gov.br, e encaminhadas aos órgãos de imprensa locais e regionais.