Hip-Hop de Rio Claro dá voz, identidade e espaço à juventude

Apoiada pela prefeitura de Rio Claro, a cultura hip-hop tem crescido e se fortalecido no município, agregando muitos adolescentes e jovens em torno do movimento. Centrado na música, na dança e no Grafitte, mas visto como um elemento agregador da juventude que emana das periferias, reivindicando espaço e reconhecimento, o hip-hop local é representado por vários grupos.

Com este suporte do governo municipal, integrantes do movimento desenvolvem há meses várias atividades, justamente com foco no crescimento dessa cultura. “A Assessoria da Juventude viabilizou um espaço na prefeitura para que o movimento pudesse se fortalecer sem perder sua essência”, explica Karina de Paula, a Kakau, que coordena a pasta especial criada com o objetivo de orientar as políticas públicas direcionadas aos jovens, identificando os movimentos que surgem, fomentando e apoiando suas iniciativas. “Nossas ações estão todas voltadas à cidadania, inclusão e emancipação do jovem rio-clarense, sempre respeitando a diversidade cultural e as peculiaridades de cada movimento” acrescenta Kakau.

Para facilitar este fortalecimento do movimento, o acesso às pesquisas e a integração do grupo, a prefeitura disponibilizou sua estrutura, mesas e computadores no Paço Municipal. “Começamos por pesquisar e conhecer melhor as raízes do movimento hip-hop, em conjunto com o Arquivo Histórico de Rio Claro e passamos a recolher e catalogar material sobre o assunto que vamos apresentar numa exposição e gerar também um documentário, além de publicar um livro que conte a história do hip-hop no município”, conta Misael Heber Lopes, o Aka Credo.

Rodnei Miranda da Cruz, o B.boy Ruddy é uma das referências do movimento na cidade. Recentemente, venceu um campeonato em São Paulo e vai representar o Brasil, em novembro, no Chile.

Enquanto a organização avança, o pessoal tem atuado em diversas frentes, realizando a revitalização de um espaço que estava abandonado no Vila Verde, vizinho ao bairro Mãe Preta. “Fizemos uma limpeza completa no barracão, criamos e aplicamos nas paredes imagens em grafite que retratam a cultura hip-hop”, conta Rodnei.

Interessados em difundir o break nas comunidades, os garotos também participaram de um curso de capacitação com professores de Educação Física da Secretaria de Esportes de Rio Claro. As aulas enfatizaram o break, que é a dança do Hip-Hop, detalhando técnicas de alongamento, essenciais para a prática das coreografias criativas que exigem muito da musculatura, além da agilidade e flexibilidade corporal. “Este aprendizado é essencial para o bom andamento das oficinas de break que levaremos aos bairros mais carentes”, justifica Misael.

No bairro São Miguel já foram desenvolvidas algumas oficinas, com distribuição de folhetos para arregimentar os jovens daquela região. As próximas oficinas começam na semana que entra. Nos dias 22 e 24, os garotos estarão no bairro Wenzel, no Programa Pró-Jovem. No dia 23, a oficina funcionará no Centro de Convivência do Jardim Brasília e, no dia 26, no Centro de Convivência do Jardim das Flores. Não há burocracia para se inscrever e participar das atividades.

Atentos em movimentar os jovens das comunidades onde residem, os garotos do hip-hop rio-clarense procuram se alistar em diversas atividades que contemplam essas regiões. Participaram das edições do projeto Bairro a Bairro, no São Miguel e colaboraram na limpeza e organização do Complexo Educacional Novo I.

Do ponto de vista da autonomia que o grupo pretende adquirir para se movimentar, beneficiando-se das leis de incentivo à cultura, a atividade mais importante realizada até agora consistiu na capacitação para a elaboração de projetos proporcionada pela Assessoria de Hip-Hop da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Assessoria de Juventude, via Programa de Apoio Cultural (Proac). “Foi a primeira vez que Rio Claro sediou essa atividade desenvolvida para tirar dúvidas e auxiliar os membros do movimento hip-hop a elaborar projetos para o Edital do Proac, específico para o incentivo da produção de atividades e propagação da cultura Hip-Hop”, confirma Rodnei.

O município já encaminhou três projetos para o edital. Um deles foi aprovado e será viabilizado em parceria com a Secretaria de Cultura de Rio Claro. Enquanto isso, outro projeto, de Tatiane de Cássia dos Santos, a Taty, encontra-se na lista de espera para eventual aprovação.

Começa a ampliação das unidades de saúde do Wenzel e Benjamin de Castro

Os investimentos na área de saúde de Rio Claro prosseguem em ritmo acelerado. Duas obras têm início na próxima segunda-feira (21) para oferecer à comunidade melhores condições de acolhimento em postos da rede municipal, e confirmam o destaque do setor na atual administração.

“A saúde é prioridade em nosso governo e vamos continuar investindo e buscando recursos para oferecer o melhor atendimento à população”, disse o prefeito Du Altimari ao assinar na manhã de quinta-feira (17) a ordem de serviço para o início das obras nas unidades dos bairros Wenzel e Benjamin de Castro.

Pelo contrato, as duas obras devem estar finalizadas ao final de oito meses, com 120 dias de prazo para cada uma. Porém, o representante da empresa vencedora da licitação disse ser possível reduzir o tempo pela metade e concluir os dois trabalhos em quatro meses. “Para isso, vamos nos empenhar e fazer as duas obras simultaneamente”, explica André Luis Fiório.

No total, são investimentos de R$ 156.424,61 direcionados à Unidade Básica de Saúde do bairro Wenzel e para a Unidade de Saúde da Família do bairro Benjamin de Castro. Quase dois terços do valor – R$ 100 mil – são verbas destinadas ao município através de emenda parlamentar da deputada federal Luiza Erundina (PSB). “O pedido surgiu na Semana da Mulher do ano passado”, lembra a vereadora Raquel Picelli. Os demais R$ 56.421,61 são bancados pela prefeitura de Rio Claro.

O médico Marco Aurélio Mestrinel, presidente da Fundação Municipal de Saúde, destaca que esses investimentos não são benéficos apenas para os usuários. “Os funcionários também ganham em condições de trabalho”, frisa, informando que mesmo sendo obras que levarão alguns meses para serem realizadas, o atendimento nas duas unidades será mantido de forma a não prejudicar os usuários. A Fundação de Saúde solicita a compreensão e colaboração da comunidade sobre eventuais transtornos durante o período de intervenções em ambos os postos de saúde.

As obras, de modo geral, são para ampliação e adequação de estrutura na UBS do Wenzel e na USF do Benjamin de Castro. Pintura geral e reforma na parte hidráulica e elétrica também integram o conjunto de melhorias que essas unidades vão receber.

De acordo com Alexandra de Cássia Marques, coordenadora da UBS do Wenzel, mensalmente são atendidas aproximadamente 3.500 pessoas na unidade e há algum tempo o local precisa da reforma. “Acho que vai ficar muito bom”, comentou Márcia da Silva Moreira, usuária no Wenzel.

Na quinta-feira, também estiveram com o prefeito os vereadores Julinho Lopes, Raquel Picelli e Pitico do Bar, o secretário de Obras – Ivan De Domênico, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Rosane Victoria da Silva, e Edison Rodrigues Filho, diretor geral da Fundação de Saúde.

Sábado tem mobilização contra a dengue no Jardim

Mobilização contra a dengue marca a manhã desse sábado (19) no Jardim Público de Rio Claro. Das 10 horas ao meio dia acontece apresentação que reúne capoeira, conscientização e dicas contra o mosquito transmissor da doença.

A iniciativa é realização conjunta do grupo Abada Capoeira, Centro de Controle de Zoonoses e Fundo Social de Solidariedade.

O instrutor Baiano e os alunos do Abada Capoeira, grupo que associa a capoeira à ações de cidadania, fazem apresentação desse sábado especialmente para promover as atividades anti-dengue no Jardim.

O Centro de Controle de Zoonoses estará no local com o boneco “Agente Cabeção” distribuindo folhetos informativos, exibindo amostras do ciclo do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, e fazendo esclarecimentos gerais sobre a doença.

O Fundo Social de Solidariedade também exibirá trabalhos relacionados ao tema.

Com o aumento dos casos de dengue em várias regiões do país, Rio Claro está intensificando a mobilização contra a doença, e precisa da colaboração contínua da comunidade.

Ações como colocar o lixo em locais corretos para não aumentar criadouros e eliminar os pontos de água parada, são fundamentais para a dengue não se alastrar.

Equipes do Daae trabalham na remoção de árvores que caíram com as chuvas

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro, por intermédio da divisão de transportes, foi acionado para ajudar no trabalho de retirada de árvores e galhos que caíram na durante dos dois fortes temporais que atingiram o município na primeira quinzena de fevereiro.Para ajudar na operação de manutenção, limpeza e desbloqueio das vias públicas, praças e jardins, o Daae disponibilizou cinco funcionários, o caminhão munck e um caminhão com carroceria para fazer o transporte do material arrancado pelas chuvas.A equipe do Daae trabalhou em conjunto com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Silvicultura.

Cine Pipoquinha traz “A Noiva Cadáver”

Na sessão do Cine Pipoquinha deste domingo, 20, em Rio Claro, a Secretaria da Cultura exibirá o filme A Noiva Cadáver, que tem tudo para agradar adultos e crianças. Com ingressos e pipocas gratuitos, a sessão acontece na sala de cinema do Centro Cultural Roberto Palmari, a partir das 15 horas.

Não é preciso muita ousadia para afirmar que Tim Burton é um dos cineastas mais criativos da atualidade. Na animação A Noiva Cadáver, o cineasta brinda o espectador com sua inspiração. O fascínio exercido pelo roteiro é complementado pela animação gótica, feita na tradicional técnica stop-motion (quadro a quadro), que demorou nada menos do que dez anos para ser desenvolvida da forma como Tim Burton idealizou.

A Noiva Cadáver é uma fábula musical. Seu roteiro, inspirado em uma lenda russa, conta a história de Victor. Filho de peixeiros enriquecidos com os negócios está de casamento marcado com Victória, filha de uma família tradicional, porém empobrecida. O casamento de conveniência entre os dois jovens, que se vêem pela primeira vez no dia do ensaio da cerimônia, é adiado porque o padre não acredita que o noivo está em plena capacidade de se casar. Treinando seus votos na floresta vizinha à cidade, Victor coloca a aliança no que parece ser um galho. No entanto, trata-se da mão da Noiva Cadáver que dá nome ao filme. Morta pouco antes de seu próprio casamento e enterrada na floresta, ela passou anos esperando pelo homem que a libertaria da solidão no mundo dos mortos e se casasse com ela. Mas essa não é a real intenção de Victor, que, incapaz de dizer a verdade à Noiva Cadáver, não consegue desfazer o mal-entendido.

Desenvolve-se, então, uma divertida trama sobre o amor não-correspondido e a idealização do outro. Por mais que se trate de uma alegoria entre personagens que transitam entre o mundo dos vivos e dos mortos, A Noiva Cadáver mostra ao espectador uma bela metáfora ao que, inevitavelmente, experimentamos uma (ou algumas) vez na vida: amar e não ser amado. A idealização do outro, que acontece a todo o momento no filme de Burton – especialmente em se tratando da personagem que dá nome à produção – não é prática exclusiva dos mortos, ou dos personagens de fábula, mas sim de qualquer pessoa disposta a amar. A temática é tratada com bom humor em uma estética de encher os olhos.

Secretaria de Cultura abre inscrições para Oficina Teatral

“A arte do ator não é somente decorar um texto e subir ao palco para declamá-lo. O processo de criação requer conhecimentos específicos para a sua compreensão”

O ator e diretor Vicentini Gomes define com estas palavras a oficina “A Construção da Personagem” que será ministrada por ele no sábado, dia 26 de Fevereiro, na Sala de Cinema do Centro Cultural Roberto Palmari, das 9 às 13 horas, com 30 vagas para interessados maiores de 16 anos. As inscrições, gratuitas, começam na segunda-feira, dia 21, das 8 às 17 horas, na Secretaria do Centro Cultural, e terminam no dia 25.

A arte do ator requer conhecer e analisar os estímulos criadores para arrebatar os sentimentos verdadeiros, espontâneos, e sem os quais não pode haver segurança para representar uma personagem.

Assim, a oficina propõe o estudo de técnicas para o conhecimento do processo analítico da personagem e do texto para que o ator tenha domínio pleno de sua realização. Os inscritos devem trazer caneta, papel para anotação e roupa leve para exercícios.

Vicentini Gomez é cineasta, diretor, roteirista, ator, mímico, professor e produtor de teatro, cinema e TV. Tem 34 anos de carreira. Fez turnês pela Europa e América do Sul e ganhou vários prêmios, como o Mambembe do MinC, o de melhor ator do festival de verão de Madri de 1981 e o de melhor filme da 27ª Jornada Internacional de Cinema da Bahia, entre outros.

Tem longa carreira como ator e diretor, tanto na TV como no teatro e cinema. Seu último trabalho na TV Globo foi na novela “Cama de Gato”, onde representou o Italiano “Paolo Bianchi”. Em Malhação, em 2009, representou “Don Cornélio. Na mini-série “Amazônia” representou o seringalista “Cel. Alencar”, na luta pela independência do Acre. Na série “Minha Nada Mole Vida, representou o Português “Blota”, e na minissérie “Um só coração”, representou o escritor Graça Aranha, peça chave na “Semana de arte Moderna”. Atuou ainda em humorísticos e novelas na TV Globo e em outras emissoras.

II Campeonato Regional de Futebol Máster 5.0 começa neste sábado

Tem início na tarde deste sábado (19) a segunda edição do Campeonato Regional de Futebol Máster 5.0 realizado pela Prefeitura de Rio Claro por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes.

O objetivo da disputa é incentivar a prática esportiva na modalidade Futebol Máster pelos os atletas com 50 anos ou mais, estimulando a convivência esportiva entre as equipes.

Participam do II Campeonato Regional de Futebol Máster 5.0 os times AA Santana, Máster Bela Vista, Mata Negra/Floridiana TC, Samambaia FC, Estrela Vermelha FC, Juventude FC, ASPM/Mancha/Cosmópolis, FM Bocha do Padre/Santa Bárbara e Vasco da Gama.

Os jogos programados para a 1ª Rodada são:

DATA
HORÁRIO
LOCAL
EQUIPE

EQUIPE

19/fev.
15:30 HS
DISTRITAL VASCO DA GAMA
VASCO DA GAMA
X
ESTRELA VERMELHA F.C.

19/fev.
16:00 HS
COSMÓPOLIS
A.S.P.M. / MANCHA / COSMOPOLIS
X
MASTER BELA VISTA F.C.

19/fev.
17:00 HS
DISTRITAL JUVENTUDE
JUVENTUDE F.C
X
MATA NEGRA / FLORIDIANA T.C.

19/fev.
17:00 HS
DISTRITAL A.A. SANTANA
A.A. SANTANA
X
F.M. BOCHA DO PADRE

Copa RioCross de Motocross agita RC no sábado e domingo

Um dos eventos mais tradicionais do esporte sobre duas rodas no município, a Copa RioCross Rio Claro de Motocross é destaque esportivo nesse fim de semana. As disputas acontecem no sábado (19) e domingo e devem reunir 150 pilotos; mais de 200 cidades de todo o estado de São Paulo vão estar representadas. Se repetir o sucesso dos anos anteriores, o evento deve reunir público de pelo menos cinco mil pessoas. A entrada é gratuita.

A Copa RioCross Rio Claro de Motocross será realizada no Centro de Treinamento RioCross, na Estrada Jacutinga, cruzamento com o quilômetro 72,5 da estrada que liga Rio Claro a Araras (rodovia Wilson Fionardi). No sábado (19) haverá treinos livres das 14 às 17 horas. No domingo (20) acontecem as competições, previstas para durarem das 9 às 17 horas.

São seis as categorias que participam da copa – Junior (85/150cc), Nacional 230 (TTR e CRF), MX-1 (250cc 2T e 450cc 4T), MX-2 (125cc 2T e 250cc 4T), MX-3 (mais de 30 anos somente motos importadas), MX-4 (mais de 40 anos somente motos importadas).

“Serão dois dias de muita emoção para quem curte esse esporte ou para quem quiser ter a oportunidade de ver de perto alguns dos melhores pilotos de MotoCross do país”, convida Irineo de Paulo Machado , da RioCross, que organiza o evento em parceria com a prefeitura, por intermédio da Secretaria de Turismo, Secretaria de Obras e Secretaria de Agricultura.

A organização destaca que as competições vão acontecer em local com ampla área de box, lanchonete e sanitários de alvenaria. A pista está sendo reformada e ampliada para receber o evento.

A cronometragem eletrônica das disputas será feita com transponders da equipe Asfaltozero, “100% confiável”, segundo a RioCross. “É um equipamento importado, o mesmo sistema utilizado no mundial de Motocross e no AMA Supercross e Motocross”, finaliza a RioCross.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.riocross.com.br.

Atleta de Rio Claro participa do Campeonato Sul-Americano de Cross Country

No domingo (20) Rio Claro estará representado no Campeonato Sul-Americano de Cross Country, no Paraguai. O atleta rio-clarense Ataíde Felipe de Souza, da equipe de Atletismo ACBD da Secretaria Municipal de Esportes, conquistou no último dia 6 de fevereiro, na Copa Brasil Caixa de Cross Country, uma vaga para compor a Seleção Brasileira de Atletismo que competirá no Rancho Sajonia, em Assunção.

“Esta é a primeira vez que Ataíde representa o país, por isso ele está focado em seu desempenho. Como técnico, acredito que ele vai obter um excelente resultado para ajudar a equipe brasileira a se classificar para o Mundial” conta o técnico da Seleção Brasileira de Atletismo, Guilherme Pizzirani. O Mundial está marcado para o dia 20 de março em Punta Umbria, na Espanha.

Os 23 atletas brasileiros que compõe a Seleção Brasileira vão competir nas categorias adulta, juvenil e menor, e serão orientados pelos técnicos Guilherme Pizzirani, de Rio Claro, e Augusto César da Silva Santos, do Rio de Janeiro.

Fazem parte da equipe masculina que representa o Brasil os atletas Joilson Bernardo da Silva, Gladson Alberto Silva Barbosa, Éderson Vilela Pereira, Solonei Rocha da Silva, Israel dos Anjos, Ataíde Felipe de Souza, João Luis Ferreira Prado Filho, Ioran Fernandes Etchechury, Guilherme Ademilson dos Anjos Santos, Victor Vinicius Alves da Silva, Romário Santos Viana e Lucas do Nascimento.

Na equipe feminina representam o país as atletas Simone Alves da Silva, Tatiele Roberta de Carvalho, Camila Aparecida dos Santos, Adriana Aparecida da Silva, Adriana Cristina Silva da Luz, Patrícia Lemos da Silva, Érika Oliveira Lima, Zeneide Soares Lisboa, Jéssica Ladeira Soares, Jacira Coutinho de Freitas Santos e Sirlene Aparecida Echs Silva.

Pugilista rio-clarense esta na final da Forja dos Campeões

O pugilista da equipe de Boxe da Secretaria Municipal de Esportes e da MM Boxe/CTP Gama, Yuri Previatti, garantiu na noite de quarta-feira (16) a vaga para a final da Forja dos Campeões.

Previatti venceu Alisson Silva, de São Vicente, pela categoria Mosca, cujo limite de peso é 52 quilos. “Desde o início da luta Yuri foi superior, utilizando sua maior envergadura, explorando as saídas de perna e conseguindo encaixar muitos contragolpes em seu adversário, tanto no tronco quanto na cabeça” conta o técnico da Seme/MM Boxe/CTP Gama, Marcos Macedo. A final da categoria Mosca esta marcada para o dia 8 de abril.

Seguindo na competição, outros atletas da equipe rio-clarense também tentam a classificação para a final de suas categorias. Lucas Ceccato luta na próxima terça-feira (22) contra o boxeador de Sorocaba pela categoria meio-médio-ligeiro, cujo limite é 64 quilos