Horta na escola Diva Marques reúne alunos, professores e funcionários

 Alguns dos produtos cultivados na horta da escola municipal
Alguns dos produtos cultivados na horta da escola municipal

    Poejo, hortelã, pimenta, quento, salsão, alface, almeirão, cenoura e quiabo são alguns dos produtos cultivados na horta da escola municipal Diva Marques Gouvêa, em Rio Claro.

Os alimentos cultivados são usados na cozinha da escola
Os alimentos cultivados são usados na cozinha da escola

A horta é um trabalho que envolve professores, alunos e funcionários. O objetivo é realizar ações pedagógicas de forma prática, favorecer as ações em grupo e explorar, de forma prazerosa, o contato com a natureza.

    Os alimentos cultivados são usados na cozinha da escola, localizada no bairro Consolação.

Integração marca reunião de pais no Presença Esperança do Guanabara

Uma série de eventos marcou a reunião de pais deste mês no projeto
Uma série de eventos marcou a reunião de pais deste mês no projeto
 A atividade reforçou a importância do trabalho em conjunto e do vínculo familiar.
A atividade reforçou a importância do trabalho em conjunto e do vínculo familiar.

     Uma série de eventos marcou a reunião de pais deste mês no projeto Presença Esperança da Paróquia do Espírito Santo, em Rio Claro. Além de mostrar aos familiares um pouco do trabalho desenvolvido com as crianças, a direção do pólo preparou o encontro para, junto com as famílias, estimular as acrianças atendidas dentro de uma integração com professores e funcionários. A atividade reforçou a importância do trabalho em conjunto e do vínculo familiar.

    A reunião no pólo, que fica no Jardim Guanabara, também foi mais uma ação para integrar a comunidade ao trabalho da rede municipal de ensino, através do talento das crianças que cantaram músicas e declamaram poemas.

Parcela única de taxas de licença, de coleta de lixo e de ISSQN fixo vence dia 31

    O vencimento da parcela única da taxa de licença de funcionamento, taxa de coleta de lixo contaminado e taxa de ISSQN fixo tem nova data em Rio Claro. O prazo final de pagamento passou para o próximo dia 31, uma segunda-feira.

    O adiamento acontece pela segunda vez. De 30 de abril passou para a última sexta-feira (21) e, agora, para o dia 31. Dessa vez a mudança acontece devido a atraso dos Correios.

    Houve mudança ainda no vencimento da primeira parcela dessas taxas, que também venceria em abril e passou para a sexta-feira, 28 de maio. Já a parcela de maio deve ser paga até o próximo dia 31.

    Os pagamentos podem ser feitos na rede bancária ou em casas lotéricas, sem cobrança de juros ou multa desde que realizados dentro do prazo.
 

    Todos esses tributos têm que ser pagos anualmente na área de comércio, indústria e prestação de serviços. Quem precisar das segundas vias pode acessar os documentos pelo site da prefeitura no endereço www.rioclaro.sp.gov.br.

    Mais informações podem ser obtidas no setor de ISSQN da prefeitura pelos telefones 3526-7229 ou 3526-7239.

Prefeitura intensifica contatos nos ministérios

Em Brasília, onde estiveram nesta semana participando da programação da XIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, o prefeito Du Altimari e a vice-prefeita Olga Salomão aproveitaram a permanência na capital federal para advogar em favor das reivindicações do município junto a alguns ministérios.

Uma das reuniões ocorreu no Ministério da Agricultura, ocasião em que o prefeito Altimari solicitou o empenho da pasta ministerial para a obtenção de duas máquinas destinadas à recuperação de estradas rurais do município. “Nossa malha de estradas rurais é extensa e precisamos estar equipados para absorver a demanda, que é constante”, justifica o prefeito. Ele assinalou que o Ministério “analisará a solicitação e dará retorno à prefeitura em breve”.

No Ministério da Educação, as autoridades rio-clarenses reforçaram o pedido para que Rio Claro tenha uma unidade da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O assunto já tinha sido encaminhado em março deste ano, diretamente com o ministro Fernando Haddad, durante encontro deste, em Araras, com a vice-prefeita Olga Salomão, que entregou pessoalmente a Haddad ofício assinado pelo prefeito Du Altimari, formalizando a demanda rio-clarense.   A referida reivindicação, a propósito, era anterior a este evento, já que Altimari, antes disso, já abordara o assunto no Ministério da Educação.

Para alicerçar o pedido, a prefeitura de Rio Claro também já informou o Ministério da Educação que está pleiteando, numa outra frente, autorização para utilizar o antigo campus da Unesp, no bairro Santana, para abrigar a instituição federal. O assunto adquire tanta importância para o município que o prefeito solicitou apoio do deputado federal e presidente da Câmara, Michel Temer, observando-se que o parlamentar prometeu dedicar-se ao tema no âmbito do Congresso e dos ministérios.

“Nossas reivindicações estão bem fundamentadas, portanto, não é otimismo exagerado esperar que nosso pedido seja atendido”, afirmou Altimari. A vice-prefeita Olga também mantém boa expectativa em relação aos desdobramentos do pedido. “Temos bom relacionamento e bom trânsito no governo Lula, o que nos favorece bastante”, acrescenta Olga.

Coleta de lixo volta ao horário antigo em alguns bairros e distritos

A coleta de lixo nos bairros Allan Grei, nos distritos de Ferraz e Ajapi, bem como no Jardim Conduta, Vila Paulista e Cidade Nova voltará a ser feita no horário antigo a partir de segunda-feira, dia 24. Assim, os caminhões coletores recolherão o lixo residencial por volta das às 7h20 no Jardim Conduta, às 8h20 na Vila Paulista, às 9h30 na Cidade Nova, às 11h30 no Allan Grei, às 12h no distrito de Ferraz e às 13h no distrito de Ajapi.

Durante um curto período, os horários tinham sido modificados, a pedido de moradores, mas logo se verificou que as mudanças não surtiram o efeito desejado, o que determinou o retorno aos horários antigos sem prejuízos para a população atendida. A coleta de lixo em Rio Claro é realizada pela empresa Riolix, que também já vinha informando os moradores, nos últimos dias, sobre as alterações a serem realizadas.

Grupo Simplesmente Saudade canta Dalva de Oliveira 6ª-feira no Casarão

     O grupo Simplesmente Saudade canta Dalva de Oliveira na noite desta sexta-feira (21) no Casarão da Cultura de Rio Claro. O show é aberto ao público e faz parte da celebração a um dos principais nomes da Era do Rádio no Brasil, que é tema, no próprio Casarão, de mostra que conta um pouco da vida e obra da intérprete.

     O Simplesmente Saudade vai levar ao público as principais músicas gravadas por Dalva de Oliveira, nascida em Rio Claro e eternizada pelas versões que registrou de canções como Dois Corações, Linda Flor, Folha Morta, Saia do Caminho, Que Será, As Pastorinhas, Bandeira Branca, Hino ao Amor e Ave Maria do Morro, todas presentes no espetáculo dessa sexta-feira.
    O grupo musical Simplesmente Saudade é destaque em interpretações de clássicos da MPB e tem como integrantes Anna Maria, Araci, Cláudio, Edna, Eneida, Getúlio, Heideval, Iara, José João, Marcelo, Marilene Margô, Paulo de Jesus, Paulo Meira, Vera Lúcia e Walda.
Na exaltação da memória e obra de Dalva de Oliveira, Rio Claro contou com a presença na noite de quinta-feira de Pery Ribeiro, filho da cantora e do compositor

O grupo Simplesmente Saudade canta Dalva de Oliveira na noite desta sexta-feira (21) no Casarão da Cultura de Rio Claro.
O grupo Simplesmente Saudade canta Dalva de Oliveira na noite desta sexta-feira (21) no Casarão da Cultura de Rio Claro.
e cantor Herivelto Martins. Pery lançou no Casarão, na abertura da exposição sobre Dalva, o livro Minhas Duas Estrelas, sobre a história de seus pais, marcada pelo enorme sucesso e pelos dramas conjugais que foram às telas em forma de minissérie televisiva em janeiro deste ano.
 

 

Estão abertas inscrições para o concurso público com oito vagas para o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro.

     Estão abertas inscrições para o concurso público com oito vagas para o Arquivo Público e Histórico de Rio Claro. Até a quarta-feira (26) os interessados podem se inscrever pelo site www.ibamsp-concursos.org.br. Já as inscrições presenciais acontecem até a quinta-feira (27) no posto de atendimento do Ibam instalado no Arquivo Histórico, no NAM (Núcleo Administrativo Municipal).
     A aplicação das provas está prevista para o dia 13 de junho. Quem for prestar o concurso deve ler detalhadamente o edital do certame, que tem todas as informações sobre o assunto e está disponível no endereço eletrônico www.aphrioclaro.sp.gov.br. O edital também está no Diário Oficial de Rio Claro número 232, publicado no último dia 14, e que também está disponível na internet, pelo site www.rioclaro.sp.gov.br.
São três vagas para analista cultural (taxa de inscrição de R$ 58,00, exigência de nível superior completo, salário de R$ 1.326,28), uma vaga para analista econômico-financeiro (taxa de R$ 58,00, ensino superior em ciências contábeis e registro no CRC, salário de R$ 1.326,28), duas vagas para auxiliar de administração (taxa de R$ 38,00, ensino médio completo, salário de R$ 793,02) e duas vagas para auxiliar de serviços gerais (taxa de R$ 25,00, candidatos alfabetizados, salário de R$ 675,61).

Cidades discutem em RC políticas públicas para a Educação Infantil

     Cerca de 300 educadores estão inscritos na segunda edição do Fórum Intermunicipal da Educação Infantil, que acontece em Rio Claro nesse sábado (22). Organizado pela Secretaria Municipal da Educação, o fórum será realizado nas Faculdades Integradas Claretianas a partir das 8 horas. As inscrições, feitas pelo site da Secretaria da Educação pelo endereço www.educacaorioclaro.com.br, foram encerradas no final da tarde da última quinta-feira.

     Os realizadores ressaltam o dinamismo da internet como elemento facilitador da organização, e atribuem ao modelo um importante incentivo para vários dos educadores que consumaram a inscrição.

     “Debatendo tensões e desafios das políticas públicas” é o tema do fórum, que tem como objetivo aguçar a reflexão sobre a educação das crianças sob o ponto de vista dos avanços científicos, tecnológicos, sociais e políticos.

     As iniciativas de análise e debate da Educação Infantil são tidas como essenciais principalmente tendo em vista que esse nível de ensino foi incorporado apenas recentemente aos sistemas de ensino como a primeira etapa da Educação Básica. Direito da criança, a Educação Infantil vive atualmente intenso processo de revisão das concepções e conceitos que fundamentam as práticas cotidianas nas escolas de Educação Infantil.

     Para ampliar essas discussões, o fórum intermunicipal de Rio Claro terá debates em quatro mesas. Antes, acontece palestra de abertura, a partir das 9 horas.

     As Faculdades Claretianas, onde acontece o segundo Fórum Intermunicipal de Educação Infantil, fica na avenida Santo Antonio Maria Claret, 1724.

Programação

08 horas: credenciamento

09 horas: palestra de abertura:
“Do reconhecimento à identidade da educação infantil em busca de qualidade no atendimento às demandas”. Participantes: MEC, Undime e Fórum Paulista de Educação Infantil

12 horas: almoço

13h30: Mesas de debates
Mesa 1
– Construção Histórica da Educação Infantil: avanço ou desafio?
Expositor: Secretaria Municipal da Educação de São Paulo
Coordenação: Marina Nunes Chiode Bueno (Secretaria Municipal da Educação – Rio Claro), Alvina do Carmo da Silva Souza (Secretaria Municipal da Educação – Várzea Paulista)

Mesa 2 – Perspectivas na formação do Educador Infantil: obrigação ou necessidade?
Expositor: Secretaria Municipal de Taboão da Serra
Coordenação: Valéria Aparecida Vieira Velis (Secretaria Municipal da Educação – Rio Claro), Cilene Maria da Silva (Secretaria Municipal da Educação – Várzea Paulista)

Mesa 3 – Cuidar é Educar?
Expositor: Secretaria Municipal da Educação de Jarinu
Coordenação: Mônica Maria Leme (Secretaria Municipal da Educação – Rio Claro), Andréa Trevisan (Secretaria Municipal da Educação – Várzea Paulista)

Mesa 4 – Identidade da Educação Infantil: Cadê a Infância?
Expositor: Secretaria Municipal da Educação de São Carlos
Coordenação: Lucélia Piovezan (Secretaria Municipal da Educação – Rio Claro), Kátia Marcussi Cavallaro (Secretaria Municipal da Educação – Várzea Paulista)

15h30: Plenária

17 horas: Encerramento.

Cata Bagulho nesta sexta-feira no mutirão que contempla o bairro Terranova

A Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Sepladema), de Rio Claro realiza nesta sexta-feira, 21, a operação Cata Bagulho no bairro Terranova. A passagem do caminhão coletor ocorrerá no período da tarde e integra a programação do mutirão de limpeza que a prefeitura organizou no bairro, desde a última segunda-feira, 17, com a participação também das secretarias municipais de Obras, Habitação, Agricultura e Fundação de Saúde/Setor de Zoonoses.

O Mutirão, por sua vez, foi incorporado à Semana do Meio Ambiente 2010, que o município estará desenvolvendo mais intensamente a partir do dia 25, com diversas atividades que promovem a consciência ecológica. Sessões de cinema no Centro Cultural Roberto Palmari, visitas ao Aterro Sanitário e ao Jardim Público, com a participação de alunos das escolas municipais estão na agenda, juntamente com apresentações musicais, palestras e outros eventos.

A programação completa da Semana do Meio Ambiente 2010, em Rio Claro, está disponível no site da prefeitura.

 

Patrulha mecânica inicia recuperação de estradas rurais em Rio Claro

Estradas rurais recebem toda a atenção possível da administração municipal

A prefeitura de Rio Claro recebeu nesta quinta-feira, 20, uma patrulha mecanizada da Secretaria de Estado de Agricultura que permanecerá 35 dias no município para ser utilizada na recuperação das estradas rurais. Segundo estimativas do diretor de Agronegócio da pasta municipal de Agricultura, Emílio Cerri, Rio Claro tem 380 km de estradas rurais e a intenção é aproveitar a permanência para recuperar todas elas ou, pelo menos, uma grande parte, priorizando as mais afetadas pelo tráfego e chuvas.

Os equipamentos disponibilizados pelo governo estadual incluem uma máquina patrol, um trator esteira, um rolo compressor, uma retro-escavadeira e uma pá carregadeira. O convênio para a utilização dessas cinco máquinas beneficia também outras quatro cidades da região: Limeira, Cordeirópolis, Iracemápolis e Santa Gertrudes. Por essa razão, os equipamentos permanecem à disposição de cada município durante um prazo determinado, realizando um rodízio entre os municípios conveniados.

Tão logo as máquinas chegaram a Rio Claro, nesta quinta-feira, já foram imediatamente deslocadas para as estradas rurais, informou Cerri, que está respondendo interinamente pelo titular da pasta, secretário Carlos Alberto Teixeira De Lucca. O trabalho começou pela estrada do bairro dos Lopes (estrada velha para Araras) e, de acordo com a programação estabelecida pela prefeitura, se deslocará depois – possivelmente na próxima semana – para a Avenida 11, sentido Campo do Cocho e demais áreas do município. As máquinas são operadas pela equipe da Secretaria de Estado de Agricultura.

A prefeitura de Rio Claro, a propósito, adquiriu recentemente 14 mil toneladas de cascalho,  material destinado à recuperação das estradas rurais, que são vias essenciais para o escoamento da produção agrícola e pecuária da região.