Rumo realizará oficina de Educação Ambiental em Rio Claro

Alunos da Escola CAIC receberão conteúdos sobre Meio Ambiente e Segurança Ferroviária em 26/8.

A Rumo realizará uma oficina de Educação Ambiental para quarenta alunos do 4º e 5º Anos do Ensino Fundamental da Escola CAIC no dia 26/8 (segunda-feira) às 9h, em Rio Claro (SP). Profissionais da Companhia falarão sobre Meio Ambiente e Segurança Ferroviária, utilizando um jogo de tabuleiro e quizzes com perguntas variadas sobre os temas.

A oficina faz parte do Programa de Educação Ambiental da Rumo, e tem o apoio da Secretaria da Educação de cada município em que é realizada. O público-alvo é formado por estudantes dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental de escolas localizadas nas imediações da linha férrea. A ação é realizada em dezenas de municípios dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e toda a Região Sul do País. Mais de 3.000 crianças já participaram das oficinas.

Entre os objetivos do Programa de Educação Ambiental, estão a criação de agentes multiplicadores de boas práticas ambientais na sociedade, e a conscientização do público infantil com relação às posturas de segurança no convívio diário com a ferrovia.

Serviço

Oficina de Educação Ambiental da Rumo

Data: 26/8 (segunda-feira)

Horário: 9h

Local: Escola CAIC

Endereço: Rua 7, 1.222, Jardim das Palmeiras, Rio Claro (SP)

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A companhia opera 12 terminais de transbordo, seis terminais portuários e administra cerca de 14 mil quilômetros de ferrovias nos estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins. A base de ativos é formada por mais de mil locomotivas e 28 mil vagões.

Obras para construção de escola prosseguem no Jardim das Nações II

Unidade de ensino irá atender 360 alunos do ensino fundamental.

De longe já dá para ver a estrutura que dará origem a uma escola no Jardim das Nações II, em Rio Claro. A alta estrutura metálica que pode ser vista sobre o muro faz parte da quadra poliesportiva que irá atender os 360 alunos de ensino fundamental I que vão estudar na unidade escolar. Além da estrutura da quadra, as obras avançam com a construção das paredes. “Estamos trabalhando para que o cronograma seja cumprido e que a obra seja executada com qualidade. Temos pressa em inaugurar essa escola que vai atender crianças do Jardim das Nações e região”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A construção da escola conta com investimentos de R$ 4.078.420,76, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) do Ministério das Cidades. Com a nova unidade de ensino, crianças do Jardim das Nações que hoje são transportadas para outros bairros poderão estudar perto de casa, gerando economia aos cofres púbicos. “Com escola no bairro vamos economizar nos gastos com transporte escolar, porém o mais importante é que as crianças terão mais conforto e comodidade”, observa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

São três escolas em construção na região sul de Rio Claro e, além disso, a creche Terra Nova foi concluída e entregue no ano passado. A prefeitura também está construindo uma creche no Jardim das Nações I e uma escola de ensino fundamental no Jardim Novo. A prefeitura tem ainda outras quatro escolas em construção: creches nos bairros Araucária, Residencial das Palmeiras e Residencial dos Bosques, e escola no Benjamin de Castro, e mais uma creche será iniciada em breve no Jardim Bosques de Rio Claro

Prefeito vistoria obras em andamento para construção de escola no Jd. Novo

Prefeitura tem sete escolas em construção, mais uma para começar, e três já foram entregues.

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, tem acompanhado de perto o andamento das obras das sete escolas que estão em andamento na cidade. Na sexta-feira (2) ele esteve no Jardim Novo, onde está sendo construída uma unidade escolar para atender 780 alunos. Mais de 50% das obras já foram concluídas. No momento estão sendo feitas aplicação de massa corrida e selador, reboco externo e cobertura. As instalações elétricas e hidráulicas devem começar nesta semana e, em breve, o muro será construído no entorno do terreno.

“É gratificante ver o avanço rápido dessa obra que vai atender nossas crianças. A educação tem sido uma das prioridades da administração municipal que, neste momento, tem sete escolas em construção, mais uma para começar e três já entregues”, destaca o prefeito Juninho da Padaria, lembrando ainda das melhorias realizadas nas escolas já existentes com reformas e ampliações.

“Estamos trabalhando para ampliar o acesso à escola, principalmente em creches”, explica o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira. Das onze escolas providenciadas, oito são creches. “Queremos que as mães tenham um local seguro para deixar seus filhos enquanto trabalham”, frisa o prefeito.

A escola do Jardim Novo conta com investimentos de R$ 3,5 milhões, sendo mais de R$ 3,05 milhões do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), do governo federal, e contrapartida de R$ 493,4 mil da prefeitura.

Construção de escola para 780 alunos avança no bairro Benjamin de Castro

Essa é uma das sete escolas que estão sendo construídas pela prefeitura.

As obras para construção de escola de ensino fundamental avançam no bairro Benjamin de Castro em Rio Claro. A parte de alvenaria está quase concluída, bem como a instalação do telhado. No momento, os operários fazem as instalações elétricas e hidráulicas, reboco das paredes e implantam o contrapiso. O entorno do terreno do prédio escolar já está todo murado e com calçamento, o que facilita a locomoção de moradores que em breve vão utilizar o passeio para levar os filhos à escola.

“A obra está avançando e estamos acompanhando de perto a evolução dos trabalhos. Temos pressa em concluir essa escola que vai atender moradores do Benjamin de Castro e região, que vão ter seus filhos estudando perto de casa”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou o canteiro de obras na quinta-feira (2) junto com o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira. “Além da comodidade de estudar perto de casa, ter escola no bairro gera economia aos cofres públicos com transporte escolar”, observa Moreira.

A escola vai atender 780 alunos do ensino fundamental I. A prefeitura está investindo mais de R$ 3,5 milhões na obra, sendo R$ 3 milhões do governo federal, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e R$ 529,2 mil de contrapartida do município. A escola do Benjamin de Castro é uma das sete unidades de ensino em construção na cidade, de um total de 11 novas escolas providenciadas pela prefeitura desde o início de 2017. Três escolas já estão em funcionamento, sete estão sendo construídas e mais uma deve ter as obras iniciadas em breve.

Prefeitura conclui reforma no prédio da Escola Luiz Martins

Essa é uma das 35 escolas que receberam melhorias realizadas pela prefeitura.

A prefeitura de Rio Claro concluiu a reforma no prédio da Escola Municipal “Prof. Luiz Martins Rodrigues Filho”, localizada no Jardim Novo Wenzel. A unidade escolar recebeu uma série de melhorias que inclui reconstrução de muro, colocação de porcelanato no setor administrativo e instalação de piso granilite no galpão e salas de aulas. Antes esses locais tinham apenas contrapiso. As obras incluíram ainda substituição de portas de todas as salas de aula, serviços de pintura, instalação de canaletas, ralos, encanamento e portões, entre outros serviços.

“A escola ganhou um novo visual e isso torna o ambiente mais agradável para as crianças, professores e funcionários”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou a escola nesta segunda-feira (29) acompanhado do secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

A professora Gicélia Bortolin, vice-diretora da escola, agradece a paciência e a colaboração dos alunos e dos pais durante a realização da reforma. “Não foi fácil fazer a reforma sem interromper as aulas, mas a comunidade entendeu a necessidade e a escola está muito melhor”, afirma.

Para o prefeito Juninho da Padaria, com planejamento e trabalho, a prefeitura tem conseguido melhorar a infraestrutura das escolas. “Em dois anos e meio conseguimos investir mais de R$ 5 milhões em reformas e ampliações”, destaca Juninho.

São 35 obras de reforma providenciadas pela prefeitura, sendo que 25 já foram concluídas. Isso sem contar os serviços realizados pela equipe de manutenção da Secretaria da Educação. “Estabelecemos um cronograma de prioridade para atender as solicitações das escolas e as melhorias são feitas conforme a disponibilidade orçamentária”, esclarece Adriano Moreira.

Além das obras de reformas e ampliações, a prefeitura providenciou 11 novas escolas. Três já foram entregues, sete estão em construção e mais uma deve começar em breve.

Alunos da rede municipal de ensino voltam às aulas na segunda-feira

Prefeitura está ampliando a rede com a construção de oito escolas.

Os alunos da rede municipal de ensino de Rio Claro voltam às aulas na segunda-feira (29) após o fim do recesso. Milhares de estudantes retomam o ano letivo em escolas de educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), além dos projetos sociais. Vale lembrar que as creches e projetos de educação integral não tiveram recesso e o atendimento foi feito normalmente durante o mês de julho.

Para garantir um bom andamento dos trabalhos, os professores se reuniram na quinta e sexta-feira para fazerem o replanejamento escolar. “Esse é o momento em que os educadores discutem, analisam e ajustam as estratégias de atuação em busca de soluções para problemas e demandas da escola”, explica o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

A prefeitura de Rio Claro atende mais de 19 mil alunos em 69 unidades de ensino. A rede está sendo ampliada com a construção de novas escolas. No momento, são sete escolas em construção e mais uma deve começar em breve, sendo que três já estão em funcionamento. Nos últimos dois anos o município investiu mais de R$ 32,5 milhões em reformas e construções de prédios escolares.

“As dificuldades financeiras existem, mas mesmo com poucos recursos estamos fazendo muito”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando que o objetivo é melhorar a infraestrutura das escolas e oferecer maior conforto às crianças, o que também contribui no processo de aprendizagem.

Professores participam de 24 oficinas pedagógicas nesta quarta-feira

Atividades fazem parte da programação do Simpósio da Educação.

A prefeitura de Rio Claro realiza até esta quarta-feira (24) o XXV Simpósio Rio-clarense de Educação, com o tema “25 anos de construção coletiva: desafios passados e futuros”. Nesta quarta-feira (24) os educadores participam de 24 oficinas que serão realizadas das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas no Claretiano Faculdade.

O evento foi aberto na noite de segunda-feira (22) com a palestra o “Financiamento público como garantia do direito à educação”, proferida por Eduardo Cezar da Silva, coordenador estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação. A importância do tema foi destacada pelas autoridades que participaram da cerimônia.

“Temos que aprofundar a discussão sobre os investimentos na educação com a participação de todos os profissionais”, comentou o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, lembrando que no próximo ano o fundo que financia a educação básica (Fundeb) será extinto e é preciso encontrar uma alternativa. “Se o governo federal não contribuir de forma significativa com a manutenção da educação básica ficará difícil para estados e municípios cumprirem seus compromissos”, afirmou.

Em Rio Claro, mesmo com dificuldades financeiras, o município tem feito vários investimentos na área de educação. São 11 escolas providenciadas, sendo três já em funcionamento, sete em construção e mais uma que vai começar em breve, além do investimento pedagógico. “Mesmo com poucos recursos conseguimos fazer muito, marcando nossa administração como a que mais investiu na educação”, destacou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando ainda a importância de investir em infraestrutura e também nas pessoas.

“Enquanto os poderes constituídos estiverem encarando a educação como tabela de gastos nada vai mudar. Os países desenvolvidos são ricos porque investiram em educação”, pontuou José Alexandre Perinotto, diretor do Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE) da Unesp (Universidade Estadual Paulista). “A colaboração do professor em defesa da educação é absolutamente fundamental”, reforçou Maria Antonia Ramos de Azevedo, vice-diretora do Instituto de Biociências (IB) da Unesp.

Para a secretária municipal da Cultura, Daniela Ferraz, a construção de um Brasil melhor passa pelas áreas de educação e cultura. “Essas duas pastas devem andar juntas para que possamos desenvolver um país melhor”, disse.

A cerimônia de abertura do simpósio contou com apresentação de flauta doce de alunos das escolas municipais “Rubens Foot Guimarães” e “Celeste Calil”. Também participaram do evento os presidentes de conselhos Luciana de Lourdes dos Santos (Educação), Sandra Helena Tinós (Alimentação Escolar) e Leandro Generoso Lopes (Fundeb), além de professores e outros profissionais da educação e convidados. 


Prefeitura investe quase meio milhão em reforma de escola no Jd. Paulista

Obras na Escola Lúcia Buschinelli Carneiro estão em andamento.

Mais uma escola municipal está recebendo melhorias em Rio Claro. A prefeitura realiza ampla reforma no prédio da Escola Municipal “Lúcia Aparecida Buschinelli Carneiro”, localizada no Jardim Paulista II, com investimentos de R$ 491,5 mil. As melhorias incluem reforço estrutural no prédio, reforma do telhado com substituição das telhas por telhas sanduíche, troca do muro de arrimo, conserto de trincas e rachaduras nas paredes, reforço na pintura, entre outros benfeitorias.

“Mesmo com dificuldades financeiras temos conseguindo melhorar a infraestrutura das escolas para oferecer maior conforto para nossas crianças e colaboradores”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Nos últimos dois anos realizamos dezenas de reformas e prédios escolares, além de providenciarmos dez novas escolas na rede municipal”, acrescentou Juninho. São duas escolas já em funcionamento, sete em construção e mais uma unidade que terá início em breve.

Além dessa escola, a prefeitura também realiza melhorias em outros prédios escolares. Serviço de reforma está em andamento na escola “Sueli Maria Proni Cerri”, na Vila Cristina, com investimentos de R$ 353,3 mil. A escola “Luiz Martins Rodrigues Filho”, no bairro Novo Wenzel, está recebendo benfeitorias da ordem de R$ 251,3 mil.

“Com essas obras proporcionamos um espaço mais adequado de trabalho para a equipe escolar e melhor atendimento aos alunos”, observa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, lembrando que além das obras de empresas contratadas, serviços também são feitos por equipe própria da secretaria.

Simpósio reúne professores para discutir os desafios da educação

Evento começa na segunda-feira (22) e terá palestra, mesas redondas e oficinas.


Profissionais da educação participam de oficina no simpósio do ano passado

O município de Rio Claro realiza na próxima semana três dias de discussão sobre os desafios da educação. O debate será realizado no XXV Simpósio Rio-clarense de Educação que ocorrerá na segunda, terça e quarta-feira, dias 22, 23 e 24 de julho, com o tema “25 anos de construção coletiva: desafios passados e futuros”.

O evento terá participação de centenas de profissionais da educação, que incluem professores, diretores, coordenadores pedagógicos, monitores, entre outros. “Investir na educação é um compromisso do nosso governo para qualificar cada vez mais o ensino”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que a prefeitura tem sete escolas em construção e mais uma deve começar em breve.

O evento é organizado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Educação. Os educadores poderão assistir palestra e participar de mesas redondas e oficinas com temas diversificados ligados à educação. “O simpósio é uma ferramenta importante de aperfeiçoamento pedagógico que influencia na qualidade do ensino de nossas escolas”, comenta o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

O simpósio terá início na segunda-feira (22) com palestra de abertura às 19h30 no Centro Cultural “Roberto Palmari”, com o tema “Financiamento público como garantia do direito à educação”. A palestra será ministrada por Eduardo Cezar da Silva, coordenador estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação. Antes disso, às 18h30, haverá apresentação cultural.Na terça-feira (23) serão realizadas três mesas redondas no câmpus da Unesp (Universidade Estadual Paulista) com os temas: “Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos”, “Educação Infantil e Educação Física” e “Educação Especial, Educação Integral e Educação Estética”. As 24 oficinas serão realizadas na quarta-feira (24) no Claretiano Faculdade.

Escola Marrote inaugura nova área administrativa

Obras foram realizadas com recursos da APM, parcerias privadas e apoio da prefeitura.

A Escola Municipal “Antonio Maria Marrote”, localizada no Bairro do Estádio em Rio Claro, inaugurou na quarta-feira (3) a nova área administrativa da unidade escolar. O espaço foi totalmente reformado e ampliado, ganhando sala de vice-direção, almoxarifado para arquivo de documentos, sala de secretaria e nova recepção com portas eletrônicas para maior segurança dos alunos e da equipe escolar. A fachada da escola também foi revitalizada recebendo reforço na pintura e novo painel com fotocélula que traz o símbolo da escola.

“O principal objetivo da reforma foi fazer um novo hall de entrada para reforçar a segurança das crianças. Tínhamos uma entrada um pouco frágil e conseguimos torná-la mais segura restringindo ainda mais o acesso de pessoas não autorizadas”, explicou Aline Cristina Cecato Castelo Novo, diretora da escola, que atende cerca de 800 alunos da educação infantil e ensino fundamental I.

As obras foram realizadas com recursos da Associação de Pais e Mestres (APM) da escola, parcerias privadas e apoio da prefeitura. “Foram três anos de planejamento para que o serviço fosse viabilizado”, informou Aline, que agradeceu as empresas parceiras, os pais, equipe escolar e todos que colaboraram para essa conquista.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, reiterou a importância das parcerias e ressaltou os investimentos feitos pela prefeitura no setor de educação. Foram R$ 35 milhões em dois anos e meio, e ampliação do número de unidades educacionais de 56 para 69, tendo ainda sete escolas em construção e mais uma para começar em breve. “Um dos nossos primeiros investimentos na educação foi na Escola Marrote para reformar um prédio que estava interditado. Desde 2017 já fizemos intervenções em 40 unidades educacionais”, assinalou Juninho, frisando que a educação, saúde e segurança têm sido suas prioridades.

A união de esforços foi destacada pelo secretário municipal da Educação, Adriano Moreira. “O esforço conjunto proporcionou a arrecadação de recursos e a realização das obras que certamente vão beneficiar as crianças e toda a comunidade escolar”, avaliou.

Ex-aluno da Escola Marrote, o presidente da Câmara Municipal, André Godoy, também falou sobre os avanços obtidos na educação, como a criação de mais de 600 vagas em creche e a construção de novas escolas, e enalteceu a mobilização da escola para viabilizar as obras. “Os pais dão uma demonstração de que sabem colaborar quando são chamados para participar de ações em prol da comunidade”, disse.

Representando o conselho da escola, Milena Castro de Souza, agradeceu a colaboração dos pais com a APM, cujos recursos são utilizados em prol das crianças. O evento contou com apresentação de duas turmas de alunos que declamaram poesia, e participação de pais, professores e funcionários da escola, e pessoas da comunidade.