Fundo Social entrega kits de bebê para mães da unidade de saúde do Jd. Novo

Além dos itens de bebê, mulheres também receberam mimo do Fundo Social.

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro entregou nesta terça-feira (13) kits com itens de bebê para mães e gestantes atendidas na Unidade de Saúde da Família (USF) do Jardim Novo. A entrega foi feita por Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, em evento que integra a programação da Semana Municipal do Aleitamento Materno. As mães e gestantes receberam um cobertor e o kit contendo fraldas, body, manta, babador e um mimo para as mulheres. “É um kit simples, que entregamos a vocês mães tendo a certeza de que irão cuidar de seus filhos com todo amor e carinho”, disse Paula às mães que participaram da atividade.

Além de entregar o kit, Paula falou sobre a importância do aleitamento materno. “Amamentar é essencial para a saúde do bebê, além de ser um momento único na vida da mãe e do bebê”, assinalou Paula. “Como mãe de duas filhas sei que muitas vezes não é fácil, porém quando conseguimos amamentar nossos filhos é gratificante, uma sensação de dever cumprido”, acrescentou.

Lenir Lima, diretora do Fundo Social, lembrou que a doação dos kits de bebê é feita desde o início da atual administração municipal. “É uma forma de apoiar as mães no início da maternidade”, observou Lenir, ressaltando que os produtos ofertados geralmente são fruto de doações recebidas pelo Fundo Social. É o caso dos cobertores que foram doados pela cooperativa de crédito Sicoob UniMais, em colaboração à campanha do agasalho do Fundo Social.

Além de receber os cobertores e kits, as mães e gestantes puderam assistir palestra sobre aleitamento materno e banco de leite ministrada pela enfermeira Pâmela Oliveira. “Estamos no mês da amamentação e é importante orientar as mulheres sobre tema tão importante”, pontuou Angela Moraes, coordenadora da unidade de saúde.


Fundo Social recebe mais de três mil quilos de alimentos de Escola Adventista

Donativos foram arrecadados por alunos e entregues ao Fundo Social na segunda-feira (12).

Arroz, feijão, macarrão e óleo são alguns dos itens arrecadados por alunos da Escola Adventista para ajudar a alimentar famílias atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro. Mais de três toneladas de alimentos foram arrecadadas pelos estudantes e entregues na segunda-feira (12) ao Fundo Social.

“É uma felicidade muito grande saber que a comunidade, principalmente as crianças, está engajada em praticar o bem, preocupada com o próximo”, observou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, agradecendo a colaboração de todos. “Esses alimentos certamente farão a diferença na mesa de quem precisa”, destacou Paula.

A gincana organizada pela escola consistiu em uma competição organizada com os alunos voltada a arrecadar alimentos. “Temos aqui um exemplo positivo da escola fazendo o seu papel e despertando logo cedo nos alunos a vontade de ajudar o próximo, com foco na importância da solidariedade”, disse o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que parabenizou os alunos. “É uma competição em que todos saem ganhando, quem ajuda e quem é ajudado”, frisou Juninho.

Todos os alunos da escola, desde o maternal até o nono ano, participaram das atividades. “O grande engajamento de pais, alunos e equipe escolar foi fundamental para que o trabalho alcançasse resultado positivo, na certeza de que os alimentos terão o melhor destino”, destacou José Pinheiro da Silva, diretor da escola. “Mesmo em equipes diferentes, os alunos se respeitaram e se ajudaram, unidos por uma causa maior que é a solidariedade”, acrescentou o diretor, que fez a entrega dos itens juntamente com a orientadora pedagógica Edna Alves Queiroz, a coordenadora pedagógica Cintia Matos e o administrador financeiro Lucas Adriano.

“É um trabalho de equipe, em que a atuação de cada participante, alunos, pais e professores, é fundamental”, resumiu Edna. Ao final de uma semana de arrecadação, a equipe verde sagrou-se vencedora, arrecadando mais de uma tonelada de alimentos. Peças de vestuário também foram doadas e destinadas ao Fundo Social. 

“A rede de proteção ao idoso” será tema da 37ª Semana do Idoso

Evento irá orientar os idosos sobre os equipamentos públicos disponíveis no município voltados para terceira idade.

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro iniciou nesta quinta-feira (8) os preparativos para a 37ª Semana Municipal do Idoso, que será realizada de 30 de setembro a 3 de outubro deste ano. O evento terá como tema “A rede de proteção ao idoso”, que abordará os equipamentos e serviços públicos disponíveis no município voltados para pessoas com mais de 60 anos de idade.

O tema da semana foi definido por coordenadores dos grupos de terceira idade em reunião realizada no paço municipal nesta quinta-feira (8). “O idoso precisa conhecer seus direitos e saber a quem recorrer para conseguir atendimento ou resolver possíveis problemas”, explica Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

Além do tema também ficou definido que o evento terá culto de gratidão, festival de dança, baile, concurso de miss e mister da terceira idade e bingo beneficente. “A semana está sendo organizada com muito carinho e contamos com a participação dos idosos para que o evento seja novamente um sucesso”, destaca Paula.

A gerente Rita H. Mac Knight Manço orientou os coordenadores sobre as inscrições para os candidatos ao concurso e participantes do grupo de dança que terão assessoria de Marquinhos Beleza Negra. Néia Magalhães, assessora de Políticas Públicas para Idosos, reforçou a necessidade dos idosos fazerem a biometria e ficarem em dia com a Justiça Eleitoral.

O novo presidente do Conselho Municipal do Idoso, Cristiano Cassoli Rubini, solicitou mais participação dos idosos na reunião do órgão que é aberta ao público e ocorre toda segunda quinta-feira de cada mês, às 14 horas, na Casa dos Conselhos. “É importante que vocês participem e nos informem sobre as dificuldades enfrentadas em cada território”, disse.

Também participaram do evento os diretores do Fundo Social, Wellington de Oliveira e Lenir Lima.

Fundo Social entrega certificados a formandos do curso de panificação

Prefeitura oferece diversos cursos gratuitos no Centro de Qualificação Profissional.

O Fundo Social de Solidariedade entregou nesta quinta-feira (8) certificados a 12 formandos que concluíram o curso gratuito de panificação oferecido pela prefeitura, com aulas ministradas no Centro de Qualificação Profissional. Sorridentes, formandos e formandas receberam cumprimentos e votos de sucesso profissional. “Nosso objetivo é dar oportunidade de qualificação às pessoas, para que possam aumentar suas chances de conseguir um emprego ou até mesmo empreender e trabalhar por conta própria”, destacou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, ao se dirigir aos formandos.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltou a atitude dos alunos que decidiram se qualificar ou aprender uma nova profissão. “Vocês tiveram atitude, vontade e determinação e isso é muito importante para vencer as dificuldades e obter conquistas”, disse. “Esse certificado com certeza será um diferencial no mercado de trabalho”, acrescentou.

O diretor do Fundo Social, Wellington de Oliveira, cumprimentou os formandos pela dedicação e observou que os alunos fazem o curso de graça porque os custos são da prefeitura, através do Fundo Social.

Foram 14 horas de curso. As aulas foram ministradas pela professora Margareth Rosa de Jesus Luiz, que enalteceu a participação e dedicação dos alunos. “A turma foi muito dedicada. Os alunos tiveram oportunidade de pôr as mãos na massa e realmente fazerem os pães artesanais”, informou.

Parte dos formandos já trabalha nessa área, alguns pretendem empreender e outros vão utilizar a aprendizagem apenas para consumo próprio. Benedita Aparecida Ferraz fez o curso para agregar novos produtos ao seu negócio de venda de doces e trufas. “Terei mais opções de produtos para oferecer aos clientes para ampliar as vendas”, informou.

Gisele Cristina Santiago faz tortas para vender e viu no curso a oportunidade de ampliar seu negócio. “Pretendo vender os pães e ter mais uma fonte de renda”, disse. Sua colega de curso, Rosilene Rocha de Oliveira, fez a capacitação pela segunda vez e já fez sua inscrição para a nova turma. “Não trabalho na área. Faço os pães para consumo próprio”, explicou.

Os interessados em fazer curso de panificação e outras capacitações devem procurar o Centro de Qualificação Profissional que fica na Avenida Visconde do Rio Claro, 150, entre as avenidas 28 e 30. O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Grupo As Margaridas doa leite e roupas ao Fundo Social

Donativos foram arrecadados pela entidade entre os membros do grupo.

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro recebeu na quarta-feira (7) mais uma doação da comunidade. Dessa vez o gesto de solidariedade foi feito pelo grupo de terceira idade “As margaridas”, que doou 22 litros de leite e quatro caixas roupas para colaborar com a campanha do gasalho do Fundo Social que está em andamento. Os donativos foram arrecadados pela entidade entre os membros do grupo. “É uma iniciativa importante que contou com a colaboração dos integrantes do grupo”, informa Idelazir Bellucci, presidente do grupo As Margaridas que completa 37 anos de fundação no dia 18 deste mês.

Para Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, as doações são bem-vindas e muito importantes para a continuidade do trabalho do Fundo Social em ajudar aqueles que precisam. “Sem a colaboração da comunidade, nosso trabalho seria muito mais difícil. Agradeço o grupo As Margaridas pela doação que será repassada às famílias que precisam de apoio”, acrescenta Paula, ressaltando o espírito solidário dos rio-clarenses que sempre têm colaborado com as campanhas e eventos promovidos pelo órgão.

Quem quiser colaborar com o trabalho do Fundo Social pode fazer doações ao órgão que fica no paço municipal. Os donativos são recebidos durante todo o ano. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3526-7180.

Formandas recebem diploma de curso de auxiliar de cabeleireira

Capacitação foi oferecida gratuitamente pelo Fundo Social.

Nove formandas receberam nesta terça-feira (6) diplomas de conclusão do curso de auxiliar de cabeleireira oferecido gratuitamente pelo Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro, em parceria com o governo estadual. A capacitação teve duração de 60 horas e foi ministrada no Centro de Qualificação Profissional. “É muito gratificante participar desse tipo de atividade. A formatura é a coroação do esforço e dedicação dos alunos durante o curso. Nosso objetivo é proporcionar essa capacitação para que eles consigam se inserir no mercado de trabalho ou empreendam para gerar renda”, comentou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, a qualificação profissional é um investimento na melhoria do currículo. “Agregar conhecimento é de suma importância em qualquer profissão porque abre perspectiva de negócios e sucesso profissional”, destacou o prefeito Juninho da Padaria, cumprimentando as formandas por aproveitarem a chance de qualificação profissional oferecida pelo Fundo Social.

A professora Karoline Alexandra ressaltou o comprometimento das alunas com o curso. “Foi muito gratificante ver o quanto elas se empenharam nas aulas”, disse.

Karina Mixis Rosa é uma das formandas. Ela soube do curso pelas redes sociais e decidiu fazer a capacitação por orientação de sua cunhada que é cabeleireira. “Eu ajudo no salão e o curso me deu mais experiência para que eu possa melhorar meu trabalho”, informou. Sua colega de turma, Amanda Carolina Miranda, também soube do curso pela internet. “É meu primeiro curso na área e gostei muito, por isso pretendo trabalhar no ramo”, contou.

O Centro de Qualificação Profissional fica na Avenida Visconde do Rio Claro, 150, entre as avenidas 28 e 30. O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Semana do Aleitamento prossegue com palestra nesta terça-feira

Programação tem várias atividades sobre o tema ao longo do mês.

A 21ª Semana Municipal do Aleitamento Materno de Rio Claro prossegue nesta terça-feira (5) com a palestra “A Importância do Profissional da Saúde no Aleitamento Materno”. A atividade será realizada às 13h30 no anfiteatro do Hospital São Rafael na Avenida 15, número 277, no bairro Saúde. O evento é aberto ao público.

A Semana do Aleitamento Materno foi aberta nesta segunda-feira (5) no CEU Mãe Preta. A assessora municipal dos Direitos da Mulher, Jaqueline Alves, ressaltou a importância do tema “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação” e o apoio das entidades e empresas parceiras para realização do evento. De acordo com ela, a semana tem como objetivo incentivar a amamentação que é tão importante para a saúde do bebê.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, também participou da atividade. “Quero cumprimentar as mães que decidem amamentar seus filhos fortalecendo esse vínculo de amor”, disse Juninho, observando que esse gesto pode ser estendido a outras pessoas através da doação de leite. “Quem tem leite em excesso faça a doação para ajudar quem precisa”, incentivou o prefeito, que também agradeceu os parceiros que apoiaram a realização do evento.

“A amamentação é uma experiência única, um gesto de amor que só fortalece o vínculo entre a mãe e seu filho, além de ajudá-lo a crescer forte e saudável”, declarou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, que viveu essa experiência com suas duas filhas. “Não é fácil, mas vale a pena. É uma sensação de dever cumprido em benefício de seu filho”, destacou.

O vereador Geraldo Voluntário manifestou sua alegria em participar dessa atividade e enalteceu a disposição dos profissionais em participar das palestras para orientar a população sobre a importância da amamentação. Bruno Smirmaul, gerente do Núcleo de Educação em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (Nestd) da Fundação de Saúde informou que as atividades serão realizadas ao longo deste mês nas unidades de saúde com grupos de mães e gestantes. Carlos Trevisan, diretor municipal de Políticas Especiais, frisou que o tema é muito amplo porque além da saúde, a amamentação envolve ainda questões sociais, psicológicas, sentimentais e até econômicas já que as mães produzem o alimento dos filhos.

Também participaram do evento o vereador Júlio Lopes, servidores municipais e representantes das instituições parceiras: Santa Casa de Misericórdia, Proama (Projeto Amamentar – Unesp), Faculdades Asser, Câmara Municipal e Drogaria Farmazul.

Rio Claro ganha mais um grupo de terceira idade

Grupo Maturidade Presente terá ponto de encontro no Shopping Center.

O município de Rio Claro ganhou nesta quinta-feira (1º) o octogésimo grupo de terceira idade. O Maturidade Presente irá funcionar em sala cedida pelo Shopping Center, ao lado da área administrativa do centro de compras. Os participantes vão se reunir toda quinta-feira, das 13h30 às 17 horas. “Nossa proposta é fazer um grupo diferente e convidamos os idosos para que venham participar conosco das atividades”, declarou a presidente do grupo, Valderez Corrêa, que agradeceu o apoio da prefeitura, da Câmara Municipal e do shopping para a criação do Maturidade Presente.

Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, destaca a importância dos grupos de terceira idade. “São espaços importantes que oferecem aos idosos uma opção de atividade e fuga da rotina, além de fazer novos amigos”, afirmou Paula, desejando ao novo grupo e colocando o Fundo Social à disposição para colaborar com a entidade.

Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, é importante valorizar as pessoas que construíram Rio Claro, porque “quem respeita os idosos respeita o passado”. De acordo com Juninho, as pessoas são marcadas pelo legado que deixam. “Desejo que esse grupo se fortifique, cresça e se fortaleça com a participação e o envolvimento dos idosos que nos dão uma lição de vida com sua disposição e vontade de viver”, comentou o prefeito, agradecendo à diretoria do shopping pela cessão do espaço ao grupo.

“Quero que vocês se sintam acolhidos, que essa sala seja um espaço de encontro, congraçamento e integração para que o grupo possa crescer”, disse Everton Rondini, gerente geral do Shopping Center.

A vereadora Maria do Carmo Guilherme destacou a importância desse novo grupo, mais uma opção de atividade para os idosos. “É importante que os idosos saiam de casa, conversem, dialoguem, se distraiam, sejam ativos na comunidade”, disse a parlamentar agradecendo a todos que colaboraram com a implantação do grupo.

Também participaram do evento Gisele Alvares, supervisora de Marketing do Shopping Center; Lenir Lima e Rita H. Mac Knight Manço, diretora e gerente do Fundo Social; Elaine Sanches, do gabinete do vereador Ney Paiva; e participantes do grupo.

Prefeitura de Rio Claro agenda biometria eleitoral para idosos

Núcleo de Orientação ao Idoso atende no piso térreo do paço municipal, Centro.

O Núcleo de Orientação ao Idoso de Rio Claro está realizando agendamentos para pessoas acima de 60 anos fazerem a biometria eleitoral. Localizado no piso térreo do paço municipal, ao lado da entrada pela Avenida 3, o  serviço atende de segunda a sexta-feira das 8 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas. No local, as pessoas nessa faixa etária podem marcar dia e horário para comparecerem ao cartório eleitoral no qual são registradas e cadastrarem sua biometria. “O assunto é muito importante e por isso a prefeitura se colocou à disposição para facilitar o contato entre a Justiça Eleitoral e os idosos”, explica Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, ao qual o Núcleo de Orientação ao Idoso é vinculado. Rio Claro é um dos municípios nos quais a biometria é obrigatória para as eleições do ano que vem.

De acordo com a assessora municipal de Políticas Públicas para os Idosos, Néia Magalhães, é fundamental que, assim como os demais eleitores, as pessoas acima de 60 anos também não deixem a biometria para a última hora.  “Fomos informados pelos cartórios eleitorais que ainda faltam muitos idosos para cadastrarem a biometria, o que pode gerar correria e o desconforto das filas longas para quem demorar muito para se recadastrar”, observa. De acordo com a Justiça Eleitoral, o cadastramento de biometrias em Rio Claro será encerrado em dezembro.

“Esse apoio da prefeitura é importante porque muitos idosos têm dificuldade para entender os procedimentos, e o agendamento facilita o atendimento”, explica o chefe de cartório da 110ª Zona Eleitoral de Rio Claro, Guilherme de Oliveira do Valle Taufic. “Embora os idosos tenham prioridade no atendimento nos cartórios eleitorais, o agendamento garante ainda maior agilidade”, acrescenta.

Em sua página na internet, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) explica que “a biometria é o procedimento de coleta das impressões digitais com atualização dos dados cadastrais”, para reforçar a segurança da identificação do eleitor na hora do voto.

O cadastramento das biometrias em 
Rio Claro está sendo realizado no cartório eleitoral da 110ª Zona Eleitoral, Rua 8, 819, Avenidas 5 e 7 (telefone 3524-8283), e no cartório eleitoral da 288ª Zona Eleitoral, Avenida 13, 634, Ruas 5 e 6 (3524-9091).

Crianças, jovens e idosos de projetos sociais participam de espetáculo solidário no circo

Ingressos foram fornecidos em parceria entre o circo e o Fundo Social.

Esta quinta-feira (4) foi dia de estréia para os jovens Isaque Emanuel Ceres, de 17 anos, Elias Francisco Junior, 16, e Rayane Camilo Magalhães, 15. Pela primeira vez em suas vidas, eles tiveram a oportunidade de assistirem um espetáculo circense. Olhos grudados no picadeiro e muita atenção para não perder nenhum detalhe das atrações oferecidas pelo Circo Stankowich.

“Estou adorando, é muito divertido e engraçado”, declarou Isaque durante o espetáculo. “Nunca tinha assistido antes, estou me divertindo muito e não paro de rir”, reforçou Rayane, ressaltando que adoraria ir mais vezes ao circo. Para Elias, que nem sabia que tinha circo na cidade, a experiência também foi gratificante. “Estou muito feliz e viria mais vezes”, declarou.

Os três adolescentes faziam parte do grupo de mais de 400 crianças, jovens, idosos e pessoas com deficiência de projetos sociais que participaram do espetáculo solidário promovido em parceria entre o circo e o Fundo Social de Solidariedade.

“É muito gratificante ver o sorriso nos rostos de nossas crianças e idosos ao participarem desse espetáculo solidário”, avalia Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, que agradeceu ao circo pela parceria nessa ação solidária. “Foi um dia muito especial onde algumas crianças viram pela primeira vez um espetáculo de circo. Ficamos felizes em poder proporcionar essa alegria a essas centenas de pessoas”, reforçou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O proprietário do Circo Stankowich, Marlon Stankowich, agradeceu a parceria com a prefeitura e a acolhida recebida em Rio Claro. “Se todas as cidades brasileiras tivessem prefeitos como o de Rio Claro o circo não morreria”, disse.

Participaram do espetáculo solidário crianças, jovens, idosos e pessoas com deficiência dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) ProJovem, Jardim Brasília, Jardim Bandeirantes e Jardim das Flores; da Adra Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais); do Núcleo Arte e Vida; do Grupo Família Autista de Rio Claro e do Centro Dia do Idoso “Dr. Edmundo José Velasco Castro”.

Todos esses projetos são vinculados à Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social. Para a chefe de núcleo do ProJovem, Simeiris Rocha Stefani, é gratificante poder fazer parte de um momento tão importante e tão feliz para todas essas crianças e adolescentes, principalmente porque muitos deles nunca tinham assistido um espetáculo. “Sei que posso dizer em nome de todos os serviços de convivência o quanto somos gratos à prefeitura, à Secretaria de Desenvolvimento Social e ao Fundo Social por proporcionar esse momento tão especial”, finaliza.