Prefeito de Rio Claro concede entrevista em Campinas

    O prefeito Du Altimari, de Rio Claro, é o entrevistado desta quinta-feira, 12 de agosto, no programa Notícias em Debate, na TVB em Campinas.

    O programa, apresentado pelo jornalista Helton Pimenta, é transmitido ao vivo das 12h20 às 13 horas com espaço aberto para o público fazer perguntas ao prefeito.

Rio Claro discute em Brasília projetos para o PAC-2

    Evoluíram em Brasília, na terça-feira, 10, as tratativas da prefeitura de Rio Claro com o governo federal para a inclusão de projetos do município no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2). O prefeito Du Altimari liderou a comitiva que participou de três reuniões com técnicos do Ministério das Cidades. Participaram da apresentação dos projetos a vice-prefeita e secretária de Governo, Olga Salomão, o superintendente do Daae, Geraldo Gonçalves Pereira e o secretário de Obras, Ivan Falcão De Domenico.

     Na primeira das três audiências com técnicos da Secretaria Nacional de Transporte e Mobilidade Urbana, foram examinados os projetos de pavimentação que o município pleiteia para os bairros Terra Nova, Bonsucesso e Centenário.

    A drenagem do córrego Olinda, desde o bairro que dá nome ao curso d’água até o rio Corumbataí, foi um dos temas da segunda reunião de trabalho dos representantes do município com a equipe técnica da Secretaria Nacional de Saneamento, vinculada ao Ministério das Cidades. Além da drenagem citada, foram discutidos, numa terceira reunião, os projetos de adequação do sistema de abastecimento com implantação de reservatório, adutoras, setorização e macromedição, bem como a ampliação dos sistemas de capacitação e tratamento da ETA II. A execução da segunda etapa da rede de distribuição de água em Rio Claro também esteve na pauta da reunião.

    “O trâmite é burocrático, há várias etapas a serem cumpridas, mas o que nos anima é a receptividade do governo às nossas reivindicações, além de que estamos levando ao governo federal projetos bem fundamentados, graças ao trabalho de nossa equipe técnica”, sublinhou Altimari.

    Na avaliação do prefeito, que juntamente com a vice-prefeita Olga Salomão pleiteou a inclusão dos referidos projetos no PAC-2, os ajustes solicitados agora, que já estão sendo providenciados pela prefeitura e serão encaminhados ao Ministério das Cidades em prazo exíguo, são bons indicadores de que “nossas reivindicações caminham bem e convergem para a aprovação do governo federal, o que significará ganhos substanciais na melhoria da infraestrutura em Rio Claro, hoje assentada em excelentes indicadores neste aspecto”.

    A vice-prefeita Olga Salomão acrescentou que a receptividade encontrada pelos rio-clarenses nos ministérios “reforça a identidade” que o governo municipal tem com o governo federal. “Estamos absolutamente afinados com um Brasil que cresce dentro das premissas do desenvolvimento sustentável, com qualidade de vida e a inclusão social que estes projetos asseguram”, conclui Olga.

Prefeitura inicia asfaltamento no Jardim Centenário

    O prefeito Du Altimari vistoriou na manhã da quarta-feira (11) o início das obras de asfaltamento no Jardim Centenário, na região sudoeste de Rio Claro. Ao falar sobre o benefício, que atende reivindicações dos moradores, Altimari salientou que “desde o início de nossa administração, em 2009, estamos dialogando com o governo do estado para tornar realidade essa benfeitoria”.

    O asfaltamento atende aos pedidos da comunidade feitos em reuniões do Orçamento Participativo, no ano passado. A prefeitura realiza pavimentação do bairro por intermédio da Conpar – Construções, Pavimentação e Rodovias Ltda. A empresa já concluiu a etapa que prepara a colocação do asfalto, fase que envolve parte das obras de implantação de guias, sarjetas e galerias de águas pluviais.

    O investimento é de R$ 387.998,06. O contrato foi assinado em abril deste ano a partir de convênio firmado no ano passado pela prefeitura e a Secretaria de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo. A previsão é de que as obras sejam concluídas neste ano.

    O asfaltamento está inserido em um amplo projeto de melhorias no Jardim Centenário que envolve obras de infraestrutura estimadas, no total, em R$ 1,1 milhão e que está sendo planejado com apoio do Grupo Kemira, de origem finlandesa, que assumiu o controle da empresa Nheel Química, instalada no bairro.

Garçons mostram habilidade e simpatia em gincana no Jardim

    Idoir Rockenbach foi o vencedor do Garçom Cross de Rio Claro. O profissional ficou na primeira colocação na gincana realizada pela prefeitura, por intermédio na Secretaria de Turismo, para celebrar o Dia do Garçom, comemorado em 11 de agosto.

    Além de Idoir, foram premiados Welton Luís Barbosa, Bruno Felipe Calore, Luís Cláudio Coldebello dos Santos e Vagner Elias Teppo, obtiverem da segunda à quinta colocação, respectivamente.

    A tarde de brincadeiras e competições no Jardim Público Central também foi marcada pelos prêmios distribuídos ao garçom mais velho que participou da gincana, Adão Ferreira, de 64 anos, e ao mais jovem, Luís Cláudio Coldebello dos Santos, de 17. Também agraciada com prêmio em dinheiro, Thais Mariana Pancheri foi considerada a melhor garçonete.

    Cinqüenta e três garçons de Rio Claro e região se inscreveram Garçom Cross. “São profissionais que fazem parte do dia-a-dia de milhões de pessoas e que merecem nossa lembrança, agradecimento e respeito”, comenta o Secretário Municipal de Turismo, Renê Neubauer.

    O primeiro lugar ganhou R$ 1 mil e um telefone celular, além de uma estadia no hotel Pousada Country com acompanhante.

    A segunda colocação foi premiada com R$ 500,00 e uma cesta de cosméticos. A terceira colocação recebeu R$ 250,00 e uma cesta de cosméticos.

    O prêmio para o quarto lugar foi uma bicicleta e a quinta colocação recebeu um aparelho de DVD.

    O garçom mais idoso, mais jovem e a melhor garçonete receberam R$ 100,00 e uma cesta de cosméticos. As garçonetes Patrícia Bozeno da Silva, Ana Maria Rodrigues Cesário e Luciana de Oliveira também receberam cesta de cosméticos.

Cursos da prefeitura garantem inserção no mercado de trabalho

Governo municipal e Senai qualificam mais de 140 pessoas no primeiro semestre

    Os esforços do município em transformar assistencialismo em oportunidade estão dando certo em Rio Claro. Somente no primeiro semestre de 2010 a Prefeitura, por intermédio do Fundo Social de Solidariedade   e da Secretaria  de Ação Social, formou mais de 140 pessoas em cursos realizados no Centro de Qualificação Profissional e Inclusão produtiva, oferecidos em parceria  com o Senai-SP.

    Muitas pessoas formadas nos últimos cursos já estão trabalhando, como é o caso de Rosilene Aparecida Rodrigues, que recebeu o certificado de conclusão de curso no último dia 6 de agosto. “Logo após a conclusão do curso de Costura Industrial – Máquina Reta e Overloque, fui chamada para uma entrevista em uma confecção, por intermédio do Centro de Qualificação Profissional e do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), e já estou trabalhando”, comenta. “Este emprego veio em ótima hora, uma vez que tenho dois filhos e meu marido está desempregado”, acrescenta.

 

    Já a formanda Alessandra Aparecida Pilon tinha o sonho de ter sua própria empresa e contribuir com a renda familiar. Após o término do curso Costura Industrial – Máquina Reta e Overloque, já está produzindo para terceiros. Alessandra conta que nunca havia “pilotado” uma máquina de costura, mas as 160 horas de aprendizagem foram decisivas em sua vida. “Após terminar o curso comprei uma máquina de costura industrial e passei a costurar para uma empresa, conquistando assim minha independência profissional e ganhando quase igual ao meu marido”, comemora.

 

    Para Rosana Pinhatti Altimari, presidente do Fundo Social de Solidariedade, os resultados mostram a importância de se investir em cursos do gênero a partir de pesquisas que apontem as verdadeiras necessidades do município: “Só assim podemos oferecer cursos que atendem à demanda da população, com oportunidades reais de inserção no mercado de trabalho”

 

    Realizados dentro do Programa de Inclusão Social e Produtiva, foram oferecidos no primeiro semestre de 2010 cursos nas áreas de costura industrial, modelagem  de roupa, panificação e confeitaria, e impressor de off-set.

 

    Após o término de cada curso, os alunos participaram de palestras com foco nos temas Empreendedorismo e Micro Empreendedor Individual, realizadas pelo SEBRAE-SP, além de receberam informações sobre credito com o Banco do Povo. Os alunos também são encaminhados ao Posto de Atendimento do Trabalhador (PAT).

    Atualmente o Centro de Qualificação profissional atende a 108 alunos dos cursos Tapeçaria em Moveis, Costura Industrial, Modelagem de Roupas e Supervisora de Produção para Confecção. Ainda neste segundo semestre o número de alunos deve aumentar com a oferta de cursos nas áreas de Panificação e Confeitaria, Mecânico de Máquinas de Costura e Artesanato em PET, entre outros.

            Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3524-2582 ou pessoalmente na rua 4, 3311 – Vila Operaria.

IV Sipat será aberta dia 23 em Rio Claro

    A Fundação Municipal de Saúde Rio Claro inicia dia 23 deste mês a IV Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), que tem como slogan “Trabalhador consciente evita acidente”. Um ciclo de palestras sobre os diversos temas pertinentes à questão foi programado e será desenvolvido no período da manhã, das 8h30 às 11h30 e à tarde, das 13h30 às 16h30. Todas as atividades ficarão concentradas no Centro Cultural Roberto Palmari.

    Conforme o programa, a primeira palestra do ciclo será realizada no dia 23, após a abertura oficial da semana, às 8h30, com a presença do prefeito Du Altimari. Serão abordadas “As fases da doença e a sensibilização do profissional”’, com a participação da enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Ivana A. Freschi de Souza.

    No dia 24, a IV Semana propõe o tema “O que há de novo em HIV”, questão que será tratada no período da manhã pela Dra. Márcia Borges Machado, que é médica pediatra, infectologista e diretora de Medicina Preventiva, e, na parte da tarde, será desenvolvida pela infectologista Suzi O. Berbet.

   “Relacionamento no Ambiente de Trabalho”, considerado tema sempre oportuno e essencial para a organização e a qualidade nos resultados do atendimento, será o foco da palestra ministrada dia 25 pela assistente social e professora Débora Helen Fiocco. No dia seguinte, 26, o psiquiatra José Rui Bianchi tratará de “Motivação e Autoestima” e, no encerramento da IV Sipat, dia 27, a “Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros” será o assunto abordado pelo 1º Tenente Kleber Moura de Oliveira, comandante da unidade local dos bombeiros.

    A IV Sipat é organizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), e conta com os seguintes apoiadores: Prefeitura de Rio Claro/Fundação Municipal de Saúde, CMS-Conselho Municipal de Saúde, DST/AIDS-PAM, PSF-Programa Saúde da Família, SUS-Sistema Único de Saúde, Governo Federal/Ministério da Saúde e Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Rio Claro

Água Mineral imprópria para consumo

    A Vigilância Sanitária de Rio Claro alerta a população para que não compre água mineral natural das marcas apontadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como impróprias para o consumo.

    De acordo com resolução de 9 de julho, as empresas fabricantes terão seus produtos apreendidos em todo o território nacional por não apresentarem registro na Anvisa.

    O órgão federal apontou irregularidades nas marcas Serra Negra Fontana, da fabricante Mineração Fontana de Serra Negra Ltda; Acqua Única, da empresa Mineradora Santa Maria de Serra Negra Ltda; e Serra Negra Vida, da empresa de Mineração Santana de Serra Negra Ltda

Roda de choro vai esquentar público do Festival de MPB

    A música não ficará restrita às apresentações dos artistas que disputam o Festival de MPB de sexta-feira a domingo em Rio Claro.  Uma roda de choro, samba de raiz e MPB vai esquentar o público antes do início de cada noite de disputa. Os shows prévios ficarão por conta do grupo Os Cinco no Choro, que vão ocupar palco montado no piso inferior do Centro Cultural Roberto Palmari.

    “O grupo vai deixar o clima descontraído e preparar o público para as emoções que vão tomar o teatro do Centro Cultural durante o festival”, comenta o secretário da Cultura, Ney Fina. Os Cinco no Choro começarão a tocar às 17h30 na sexta-feira e sábado, e às 16h30 no domingo. Os músicos só vão parar quando for a hora dos concorrentes do festival mostrarem seus trabalhos para o público e jurados.

    O palco no qual o grupo mostrará clássicos do choro, do samba e da MPB vai ficar ao lado da cantina, também montada no piso inferior do Centro Cultural. O comando da cantina será do Fundo Social de Solidariedade, que reverterá a renda a instituições do município. Os Cinco no Choro são Paulinho Rufini (bandolim), João Alcides (cavaquinho), Paulo de Jesus (violão sete cordas), José João (violão seis cordas) e Jair (percussão).

    O Festival de MPB de Rio Claro será aberto ao público. Trinta músicas foram selecionadas. Na sexta-feira e no sábado as apresentações começam às 20 horas. Em cada noite, serão apresentadas 15 músicas e selecionadas seis. A final, no domingo, começa às 18h30 com as 12 finalistas disputando os prêmios que serão distribuídos para os três primeiros colocados.

    O terceiro colocado receberá R$ 1 mil, o segundo lugar vai ganhar R$ 1.500,00 e o vencedor do festival terá prêmio de R$ 2.500,00. As 12 composições finalistas também serão agraciadas com uma cópia em DVD do festival.

    O Centro Cultural “Roberto Palmari”, onde acontece o Festival de MPB de Rio Claro, fica na rua dois, 2880, Vila Operária, junto ao Lago Azul.

Vacinação antirrábica chega em Ajapi, São Miguel e Vila Verde

    Equipes da Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro trabalham nesta semana em Ajapi, São Miguel e Vila Verde para vacinar cães e gatos. A vacinação antirrábica é gratuita e atenderá todo o município, inclusive, a zona rural.

    No distrito de Ajapi, o trabalho se concentrará na região do Haras Morro Grande. O atendimento está sendo feito casa a casa pelas equipes de vacinação. Os proprietários devem apresentar a carteirinha dos animais.

    No próximo domingo (15), das 8 às 16h, as equipes atenderão em três pontos fixos: na subprefeitura do Distrito de Assistência, na subprefeitura de Ajapi e na Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro Mãe Preta.  Também no domingo será realizado atendimento no bairro Alan Grey e na Fazenda São José, em Ajapi.

    A campanha, que segue até outubro, já imunizou contra raiva cerca de 3 mil animais. A meta do município é vacinar aproximadamente 35 mil. “A vacinação é de extrema importância para a saúde dos animais e para evitar possíveis acidentes envolvendo, inclusive, seres humanos”, afirma o veterinário Josiel Hebling, coordenador do Centro de Controle do Zoonoses.

    Devem ser vacinados todos os cães e gatos a partir dos três meses de vida. Também os animais velhos e as cadelas prenhas devem receber a vacina. De acordo com a lei municipal de novembro de 1983, o proprietário de cão ou gato tem a obrigação de providenciar a vacina em clínica particular ou na campanha realizada pelo município.

    Os proprietários que quiserem antecipar a vacinação são orientados a levarem seus animais até a sede do CCZ, que fica na Rua Alfa, no Distrito Industrial, e atende de segunda a sexta-feira, das 7 às 11 e das 13 às 17 horas. O telefone do CCZ é 3527-0309.

Folclore marca atividades no Presença Esperança da Vila Indaiá

    Os temas folclóricos estão mobilizando várias unidades da rede municipal de ensino de Rio Claro. As crianças do Projeto Presença Esperança, que funciona na Casa D’Avó, Vila Indaiá, participaram da Festa do Folclore no último sábado (7).

    Brincadeiras, danças e pratos típicos marcaram o evento, que reuniu ainda as famílias dos alunos e comunidade em geral.

    Dança da catira, músicas folclóricas e caracterizações baseadas nos personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo, criação de Monteiro Lobato com forte influência do folclore, foram alguns dos destaques.

    Também chamou muito a atenção dos presentes a decoração do local, com desenhos, pinturas e esculturas de personagens folclóricos, feitos com materiais recicláveis pelas próprias crianças.