Vacinação antirrábica na área urbana começa sábado

Calendário está disponível online. Cães e gatos serão imunizados aos sábados e domingos em postos espalhados pela cidade.

A vacinação antirrábica em cães e gatos começa no sábado (17) em Rio Claro. A aplicação gratuita da vacina será feita em oito postos nesse primeiro dia da campanha, realizada anualmente pela prefeitura. O atendimento será feito sempre das 9 às 16 horas.

A vacinação de cães e gatos nesse sábado atenderá os bairros Vila Nova (Igreja Nossa Senhora das Graças, Rua 10 A com Avenida 40 A,Vila Nova), Vila Alemã (praça na Avenida 24 A com Avenida Ulysses Guimarães e Rua 10 A), Vila Bela Vista (Grêmio da Bela Vista, Avenida 8 A com Rua 14 B), Vila Indaiá (Praça em frente ao Daae, na Avenida 8 A), Cidade Nova (praça próxima ao Shopping Center, na Avenida Navarro de Andrade com Avenida 7 A), Vila Paulista (escola Dante Egreggio, Rua P 4 com Avenidas P 23 e P 25), Jardim Conduta (perto da Madeireira Incomapre, na Rua P 4 com Avenida P 37 e P 39) e Residencial Florença (portaria do condomínio).

O calendário completo pode ser consultado no endereço eletrônicohttps://cczrioclaro.wordpress.com/vacinacao-antirrabica/ . A programação inicial prevê atividades até 15 de setembro. Os postos de vacinação gratuita serão montados sempre aos sábados e domingos em várias regiões da cidade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde é importante que o dono apresente a carteira de vacinação do animal. “Se não houver condições de atendimento nas datas programadas devido a chuvas, a vacinação desses dias será transferida para datas no mês de setembro”, informa o gerente do Centro de Controle de Zoonoses, Diego Reis.

O município já concluiu a vacinação antirrábica na área rural. Quem mora na região rural e ainda precisa vacinar seu cão ou gato pode levar o animal ao CCZ (Rua Alfa, sem número, Distrito Industrial) ou aos postos da área urbana para que a dose seja aplicada em seu animal de estimação.

Vacinação antirrábica na área urbana começa dia 17

Calendário já está disponível online. Cães e gatos serão imunizados aos sábados e domingos em postos espalhados pela cidade.

O calendário da campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos na área urbana de Rio Claro pode ser consultado no endereço eletrônico https://cczrioclaro.wordpress.com/vacinacao-antirrabica/. A prefeitura começa a aplicar as doses no dia 17 de agosto, um sábado, e a programação inicial prevê atividades até 15 de setembro. Os postos de vacinação gratuita serão montados aos sábados e domingos em várias regiões da cidade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) fará o atendimento sempre das 9 às 16 horas. É importante que o dono apresente a carteira de vacinação do animal. “Se não houver condições de atendimento nas datas programadas devido a chuvas, a vacinação desses dias será transferida para datas no mês de setembro”, informa o gerente do CCZ, Diego Reis.

A imunização dos cães e gatos é realizada todos os anos pela prefeitura. Neste ano, o município já concluiu a vacinação antirrábica na área rural. Em 2018, 12.912 doses da vacinaantirrábica foram aplicadas no total.  

Rio Claro realiza ações na Semana de Prevenção à Leishmaniose

Programação tem palestras e orientações.

A prefeitura de Rio Claro realiza até o sábado (10) a Semana de Controle e Combate à Leishmaniose, cujo tema este ano será “Leishmaniose Visceral: # eu apoio e faço parte”. A programação é organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio do Centro de Controle de Zoonoses. O objetivo é estimular ações educativas e preventivas, promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de vigilância e controle da leishmaniose, apoiar as atividades de prevenção e combate à doença organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil, e difundir os avanços técnico-científicos relacionados à prevenção e ao combate à doença.

Entre as atividades preparadas para a semana destacam-se uma palestra da médica veterinária Maria Emília Canoa de Godoy para os alunos do curso de biologia da Unesp, no anfiteatro 2 da universidade na quinta-feira, dia 8, às 11 horas. Também no dia 8 às 19 horas, veterinários, médicos e enfermeiros estarão reunidos no Núcleo Administrativo Municipal (NAM) para um debate sobre a Leishmaniose. Estão programadas duas palestras: “Desmistificando a Leishmaniose Visceral – Ações do CCZ” ministrada pela veterinária Maria Emília Canoa de Godoy e “Leishmaniose: uma análise epidemiológica”, apresentada pelas enfermeiras Giza Moraes e Valeska Hamori.

Na sexta-feira, a partir das 13 horas, agentes do CCZ que todos os dias estão em contato direto com a população serão instruídos sobre a doença, na sala do Núcleo de Combate a Endemias.

Durante a semana, os pacientes que estiverem no aguardo das consultas nas unidades básicas de saúde também receberão informações sobre a Leishmaniose.

No sábado, dia 10, equipe do CCZ estará no Jardim Público aproveitando a presença do projeto itinerante Caminhão da ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). No local, mensagens visuais lembrarão o público sobre a existência da Leishmaniose e como preveni-la.  

A leishmaniose visceral, como o próprio nome indica, afeta as vísceras (ou órgãos internos), sobretudo fígado, baço, gânglios linfáticos e medula óssea, podendo levar à morte quando não tratada. Os sintomas incluem febre, emagrecimento, anemia, aumento do fígado e do baço, hemorragias e imunodeficiência. É transmitida ao homem (e também a outras espécies de mamíferos) por insetos vetores ou transmissores, conhecidos como flebotomíneos. No Brasil, esses insetos podem ser conhecidos por diferentes nomes de acordo com sua ocorrência geográfica, como tatuquira, mosquito palha, asa dura, asa branca, cangalhinha, birigui, anjinho, entre outros. A transmissão acontece quando uma fêmea infectada passa o protozoário a uma vítima sem a infecção, enquanto se alimenta de seu sangue.

Prefeitura entrega mais uma unidade de saúde reformada à população

UBS do Cervezão ganhou uma série de melhorias com investimentos totais de R$ 450 mil.

Depois de reformar as unidades de Itapé e do Jardim das Palmeiras, a prefeitura de Rio Claro reformou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cervezão, que foi reinaugurada no sábado (3) com aprovação da comunidade. A unidade ganhou uma série de melhorias na infraestrutura, além de novos mobiliários e equipamentos. O município investiu R$ 450 mil na reforma, sendo R$ 300 mil provenientes de recursos próprios e R$ 150 mil de emendas parlamentares.

“A UBS do Cervezão é uma das mais antigas unidades de saúde e nunca recebeu uma ampla reforma, o que foi realizado agora. A saúde é uma das nossas prioridades e quando se tem planejamento e foco é possível resolver os problemas”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando a importância de atender bem a população. “Equipamentos e reformas são importantes, mas nada substitui o ser humano. O acolhimento e o atendimento humanizado fazem toda a diferença”, disse.

A secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer, observou que a reforma de uma unidade de saúde é um grande desafio, porque é preciso acomodar os profissionais e atender com eficiência a população. “Esse desafio foi vencido com a colaboração de todos. Apesar de todas as críticas, estamos avançando e vamos continuar trabalhando para melhorar cada vez mais a saúde pública que depende de todos nós”, declarou.

Em nome da equipe da UBS do Cervezão, o dentista Carlos Roberto de Medeiros Cury, que atua há 25 anos na unidade, lembrou das dificuldades enfrentadas pela falta de manutenção e enalteceu as melhorias. “Estamos muito felizes com as melhorias e nós, profissionais, temos orgulho de trabalhar no serviço público e fazer parte dessa casa”, disse.

Para o vereador Paulo Guedes, a reforma proporciona um ambiente adequado aos funcionários e pacientes. “Para mim foi importante colaborar com esse trabalho”, frisou Paulo que conseguiu R$ 50 mil de recursos de emenda parlamentar do deputado estadual Cauê Macris para ajudar na reforma. “Ao proporcionar um bom ambiente de trabalho aos funcionários isso se reflete no bom atendimento à população”, completou. Outros R$ 100 mil foram obtidos via emenda do deputado estadual Adilson Rossi, a partir de pedido do vereador Rogério Guedes.

Representando o governo estadual, Adriano Guimarães informou que a determinação do estado é auxiliar os municípios no que for possível.

Presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Domingos de Almeida destacou as melhorias na unidade e frisou que a saúde não é apenas um direito e sim um dever da população que deve fazer a sua parte para melhorá-la, como não faltar às consultas e exames sem aviso prévio.

Também participaram do evento o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade; Michele Fernanda Calcetti, coordenadora da UBS Cervezão; os vereadores Geraldo Voluntário, Irander Augusto, Júlio Lopes, Adriano La Torre, Rogério Guedes e Hernani Leonhardt; servidores municipais e pessoas da comunidade.

Com R$ 300 mil de investimentos da prefeitura, unidade de saúde do Cervezão é entregue à população

Reinauguração será neste sábado (3) às 9 horas. Reforma teve investimentos totais de R$ 450 mil.

A prefeitura de Rio Claro entrega neste sábado (3) à comunidade a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Cervezão “Dr. Nicolino Maziotti”, que contou com investimentos de R$ 450 mil, sendo R$ 300 mil de recursos da prefeitura. “Tivemos vontade política de priorizar investimentos e atender também a região norte do município”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que as unidades de saúde de Itapé e do Jardim das Palmeiras já foram reformadas, e a reforma do posto do Wenzel está em andamento.

A UBS do Cervezão ganhou reforço na pintura do prédio, nova sala para odontologia, melhorias na rede elétrica e novos mobiliários. A comunidade está convidada a participar da reinauguração que ocorre a partir das 9 horas na unidade que fica na Avenida M-17, 739, no Cervezão.

“É mais uma unidade de saúde que reformamos com o objetivo de oferecer melhores condições de trabalho aos nossos colaboradores e de atendimento aos pacientes”, comenta o prefeito Juninho da Padaria. “Queremos acolher bem a população e um bom atendimento começa com um espaço adequado”, acrescenta.

Para a secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer, melhorar a infraestrutura das unidades de saúde é importante porque elas são a porta de entrada dos serviços públicos de saúde no município. “Há muito tempo a comunidade esperava melhorias na UBS e estamos felizes em entregar essa obra que vai beneficiar milhares de pessoas”, destaca.

A prefeitura investiu R$ 450 mil na reforma da UBS do Cervezão. São de R$ 300 mil provenientes de recursos próprios, R$ 50 mil de emenda do deputado estadual Cauê Macris, obtida por meio de solicitação do vereador Paulo Guedes; e R$ 100 mil de emenda parlamentar do deputado estadual Adilson Rossi. “Esse trabalho é fruto da união de esforços. Agradeço aos deputados que ajudaram Rio Claro e vamos continuar trabalhando em busca de mais recursos”, informa o prefeito Juninho da Padaria.

Inaugurada em 1986, a UBS do Cervezão tem mais de 60 mil pacientes cadastrados de 20 bairros e atende uma média de 500 pessoas por dia, serviço realizado por equipe multiprofissional. A unidade oferece consultas médicas, atendimento odontológico, coleta de exames laboratoriais, distribuição de insumos e medicamentos, controle de pressão arterial e glicemia, entre outros.

Rio Claro tem 1074 casos de dengue

O município de Rio Claro tem 1074 casos registrados de dengue neste ano. Os dados foram divulgados pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde. O boletim da VE aponta ainda que o município não tem casos confirmados de zika vírus, chikungunya e febre amarela, doenças também transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

A Secretaria de Saúde novamente reforça a importância do apoio da população no combate à doença, adotando medidas preventivas para evitar a proliferação do mosquito que ocorre mesmo com temperaturas mais baixas e tempo seco.

Além da orientação à comunidade, para combater a dengue o município de Rio Claro também vistoria casa a casa de segunda a sexta-feira, mutirões para recolha de materiais inservíveis aos sábados e fiscalização intensa para evitar situações de acúmulo de materiais que podem se tornar criadouros do Aedes aegypti.

Prefeitura faz preparativos finais na unidade de saúde do Cervezão

Reforma no prédio está sendo concluída com a substituição de mobiliário.

A prefeitura de Rio Claro realiza os preparativos finais no prédio da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cervezão, prédio que está sendo reformado para melhor atender a comunidade. Várias melhorias foram realizadas no imóvel, que ganhou reparos nas paredes, nova pintura, colocação de piso em área externa, pintura e troca de telhas e janelas. Além disso, a unidade ganhou uma nova sala de odontologia com novos equipamentos e a antiga sala foi totalmente reformada.

Os trabalhos estão sendo finalizados com a substituição de parte do mobiliário, serviço iniciado nesta terça-feira (30). O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e a secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer, estiveram na unidade acompanhando os preparativos finais da reforma que será entregue à comunidade no próximo sábado, dia 3 de agosto, às 9 horas.

“É muito gratificante poder entregar à população mais uma unidade de saúde reformada, principalmente a UBS do Cervezão que há anos precisava de melhorias”, comenta o prefeito Juninho da Padaria, lembrando que a prefeitura já reformou as unidades de saúde de Itapé e do Jardim das Palmeiras, e está reformando o posto do Wenzel, além de ter concluído a construção de seis unidades de saúde da família. “São investimentos importantes que estamos fazendo na área de saúde que tem sido uma das nossas prioridades”, complementa Juninho.

Para a secretária Maria Clélia, melhorar a infraestrutura da atenção básica ajuda a desafogar as unidades de urgência e emergência. “Essas melhorias na infraestrutura da unidade vão fortalecer e melhorar o atendimento à população de diversos bairros”, observa Maria Clélia.

A reforma da UBS do Cervezão também está sendo acompanhada pelo vereador Paulo Guedes, que conseguiu recursos para a compra de novos equipamentos e mobiliários, através de emenda parlamentar do deputado estadual Cauê Macris. A reforma também recebeu recursos de emenda parlamentar do deputado estadual Adilson Rossi.

Obras do Centro de Especialidade Infantil entram na reta final

Novo serviço vai concentrar atendimentos a crianças e adolescentes.

As obras do Centro de Especialidade Infantil (CEI) de Rio Claro entram na reta final. Os trabalhos seguem em ritmo acelerado e, em breve, o município contará com mais um importante serviço de saúde, em mais um exemplo de atenção do governo municipal às crianças e adolescentes, na Rua 15 entre as avenidas 23 e 25, no Bairro do Estádio.  “São muitos os investimentos que fazemos no setor de saúde e o CEI é mostra que estamos fazendo e faremos muito mais”, ressalta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que esteve nesta semana conferindo o andamento das obras.

Como o Centro de Especialidade Infantil será um espaço destinado exclusivamente destinado a crianças e adolescentes, a rede pública municipal de saúde terá sua estrutura ampliada. O objetivo é oferecer mais qualidade nos atendimentos oferecidos nas áreas de saúde mental e odontológica. Para isso, o Centro de Referência da Infância e Adolescência de Rio Claro (Criari) terá muitos de seus pacientes atendidos no CEI e a outra parte no Centro de Habilitação Infantil (CHI).

O prédio que irá abrigar o serviço está sendo totalmente reformado, inclusive com equipamentos para acessibilidade. São 765 m² de área construída, além de área livre para instalação de brinquedos.

O novo local também oferece melhor estrutura para abrigar os atendimentos odontológicos infantis e espaço mais apropriado. “Com as mudanças, a Secretaria de Saúde otimiza recursos”, explica a secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer.  “É um ganho importante para o município e mais uma demonstração de atenção à saúde pública”, afirma André Godoy, presidente da Câmara Municipal.

No Centro de Especialidade Infantil funcionarão o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (Caps IJ), que atenderá pacientes do Criari, e o Centro de Especialidades Odontológicas Infantil. Enquanto o CEI não fica pronto, os pacientes do Criari continuarão sendo atendidos no prédio atual, na Rua 3 com Avenida 19.

 Segundo o prefeito Juninho, a mudança também significa economia para os cofres públicos. “Deixaremos de pagar três aluguéis para pagar apenas um”, informa, lembrando também da economia gerada com a manutenção dos três espaços.

A reforma no prédio está sendo realizada pela Casa das Crianças, proprietária do imóvel que será alugado ao município. “Estamos conseguindo doações com a iniciativa privada, uma colaboração importante na redução de custos”, informa Augusto Pedro Prochnon Júnior, presidente da Casa das Crianças.

Rio Claro promove atividade de combate a hepatite

Ação foi realizada no Jardim Público na sexta-feira.

Testes rápidos de hepatite foram realizados na manhã desta sexta-feira (26) no Jardim Público. A atividade fez parte da “Campanha Hepatite Zero”, evento realizado como parte da programação da Campanha Julho Amarelo, desenvolvida para prevenir e conscientizar a população sobre os perigos das hepatites virais.

A ação foi organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Sepa (Serviço Especializado em Prevenção e Assistência para IST/Aids/Hepatites Virais), em parceria com o Rotary Club de Rio Claro Alvorada e o Rotary Club de Rio Claro. “Realizamos o cadastramento de pessoas e testes rápidos de hepatite C”, explica Rafaela Martinez, coordenadora do Sepa, ressaltando a importância do diagnóstico precoce da doença para maior eficácia no tratamento.

Dando continuidade à Campanha Julho Amarelo, a assistente social Cristiane Midori Nakanishi Nakahara irá proferir palestra sobre o tema neste sábado (27), a partir das 8 horas, a convite do Rotary Club de Rio Claro Alvorada. Na tarde de quarta-feira (31), a enfermeira Agda Silva Matos Ré fará testes rápidos para hepatite C nos idosos atendidos pelo Centro Dia do Idoso, segunda etapa da ação iniciada nesta semana.

Quantidade de larvas do Aedes cai 76% em RC

Orientação da prefeitura é para que população se mantenha alerta contra o mosquito transmissor da dengue.

A terceira Análise de Densidade Larvária (ADL) realizada este ano em Rio Claro foi concluída esta semana pela Secretaria Municipal de Saúde e mostra queda de 76% na quantidade de larvas encontrada nas residências. O resultado aferido pelo Núcleo de Combate a Endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) apontou 0,4 para o Índice Predial (porcentagem de imóveis visitados com larvas do mosquito Aedes aegypti), índice classificado como satisfatório.

O prefeito João Teixeria Junior, o Juninho da Padaria, frisa a importância da colaboração da comunidade para a redução  do índice de larvas no município. “Reforçamos que a participação dos moradores é essencial no combate à dengue e pedimos para que continuem nos ajudando a eliminar o Aedes”, acrescenta. “Quero também agradecer imensamente o empenho de nossos agentes de combate a endemias, pelo trabalho realizado”, acrescenta.

A secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer, reforça que o combate à dengue não pode parar. “A quantidade de lavar caiu mas não podemos baixar a guarda contra o Aedes”, comenta. “A luta contra a dengue deve ser constante e ininterrupta”, acrescenta.

No levantamento de abril a Análise de Densidade Larvária apontou índice de 1,7 e o de janeiro, de 1,6. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) os índices inferiores a 1% são considerados satisfatórios; 1% a 3,9% indicam situação de alerta; e índices superiores a 4%, risco de surto.

O maior número de larvas capturadas durante o mais recente levantamento foi encontrado nos bairros localizados na área “D”, que compreende Bonsucesso, Guanabara, Novo Wenzel, Jardim Brasília e toda a região oeste e sudoeste da cidade. O material recolhido foi analisado no laboratório do Centro de Controle de Zoonoses.

De acordo com o gerente do CCZ, Diego Reis, 2.491 imóveis foram verificados durante a mais recente ADL, nas quatro áreas em que a cidade foi divivida para esse trabalho. Os recipientes onde os agentes encontraram mais larvas foram os pratos colocados sob os vasos de plantas, ralos internos e pneus. Apesar do índice larval de Rio Claro estar na categoria “satisfatória”, é importante que a população não dê trégua e mantenha-se alerta com relação ao mosquito Aedes aegypti, dificultando a sua reprodução com a eliminação de criadouros. Além da colaboração da comunidade, as ações de retirada de criadouros feitas pela Zoonoses nos finais de semana, as visitas realizadas nas residências diariamente, as operações bloqueio e vistorias casa a casa, contribuíram para que o índice da ADL ficasse abaixo de 1%.